Apac prevê 2017 com chuvas após cinco anos de seca no Sertão de Pernambuco

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0

Chuva_no_serto(1)

Após um período de seca de cinco anos, Pernambuco deve ter um 2017 com chuvas. A informação foi divulgada nesta terça-feira (12) pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) durante reunião que aconteceu no Ministério Público em Caruaru, no Agreste. A mudança climática se deve ao fenômeno La Niña, segundo a Apac.

O diretor-presidente da Apac, Marcelo Asfora, disse que um dos principais fenômenos que interferem nas chuvas no Sertão é o El Niño. “A expectativa é que surja o fenômeno La Niña, que é o resfriamento das águas do [oceano] Pacífico. Então só o fato de não ter a interferência do El ñino, vai favorecer a condição de chuva do Sertão”.

Asfora explicou em entrevista que “o período chuvoso do Sertão começa a partir de setembro”. Segundo ele, apesar da expectativa de chuvas, a seca não vai terminar de forma imediata. “Leva um tempo para os reservatórios e a economia local se recuperarem, mas sem dúvida [a chuva] é uma boa notícia”, explicou o diretor-presidente da Apac.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/G1