BRASIL CONFIRMA PRIMEIRO CASO DE GATO INFECTADO PELO CORONAVÍRUS

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0

Uma pesquisa da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) identificou o primeiro animal de estimação com teste positivo para o novo coronavírus no País. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo, nesta segunda-feira, dia  19 de agosto.

A gata, doméstica, pegou o vírus de seus tutores e não apresentou sintomas.

Em todo o mundo, o registro de animais domésticos infectados com o novo coronavírus é pequeno. Pouco mais de 20 gatos tiveram confirmação para o vírus. No Brasil, o caso registrado pela UFMT é o primeiro.

Cães e gatos que contraem o novo coronavírus não desenvolvem a doença da Covid-19 de acordo com uma outra pesquisa, publicada na revista científica Pnas (Proceedings of the National Academy of Sciences), no dia 29 de setembro. Os animais desenvolvem resposta imune ao vírus.

A pesquisa publicada na revista Pnas, da Escola de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, concluiu que os bichanos são altamente suscetíveis à infecção, com um período de até cinco dias de eliminação viral, oral e nasal, que não é acompanhada de sinais clínicos.

De acordo com a pesquisadora responsável pelo diagnóstico do animal com o novo coronavírus no Brasil, Valéria Dutra, professora da UFMT, o animal foi infectado após o contato com tutores que estavam positivos para o novo coronavírus.

Os donos da gata contraíram a doença em setembro, em uma festa de família. Dutra salientou que, para evitar a disseminação do vírus por meio do animal de estimação, é indicado que pessoas infectadas fiquem longe dos animais.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/FolhaPE

ADVERTENCIA

anuncie