BASTIDORES DA POLÍTICA: EM OURICURI, ASSIS JUNIOR E O VEREADOR DO PT EVERALDO VALÉRIO ENSAIAM CANDIDATURA À PREFEITURA EM 2020

Na ultima quinta-feira (17), o prefeito João Bosco do município de Granito, realizou em sua chácara um almoço para amigos, eleitores e correligionários, evento esse, que já e tradição de vários anos. Na oportunidade, varias lideranças da região marcaram presença como: A vereadora Cristina Costa do PT de Petrolina, Everaldo Valério do PT de Ouricuri, o empresário Assis Junior de Ouricuri e diversos vereadores da região do Araripe, como também a presença da deputada federal Marilia Arraes e sua comitiva.

Na oportunidade o vereador Everaldo e o empresário Assis Júnior, aproveitaram a presença da deputada para cobrar emendas para o município de Ouricuri, onde de imediato a deputada Marilia Arraes marcou uma reunião com os mesmo em Recife ainda nesse mês de Abril para dialogar sobre as demandas solicitadas, e também para uma avaliação politica do município de Ouricuri, e a eleição estadual do PT.

Segundo comentários que circulou entre os presentes na chácara de João Bosco é que Marilia será candidata à prefeitura do Recife. Já o PT de Ouricuri também entrará na disputa municipal de 2020 ?.Em 2018 Assis Junior foi convidado pelo vereador Everaldo Valério para aderir à campanha de Marilia Arraes, para  deputada federal, os dois juntos deram uma votação de 3,700. A cada dia fica mais evidente à candidatura do empresário Assis Júnior a prefeitura de Ouricuri em 2020.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Com informações do jornal Gazeta do Araripe

CONFEDERAÇÃO ISRAELITA DO BRASIL DECIDE PROCESSAR CIRO GOMES

Corrupto, para mim, não interessa se é curdo ou cearense. Corrupto é corrupto, ladrão é ladrãoA Confederação Israelita do Brasil (Conib) vai processar o ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) por antissemitismo. Em entrevista ao site HuffPost Brasil publicada no sábado, 20, Ciro afirmou que “agora Bolsonaro diz aos grupos de interesse o que eles querem ouvir”. “Por exemplo, para os amigos dele aí, esses corruptos da comunidade judaica, que acham que, porque são da comunidade judaica, têm direito de ser corrupto. Corrupto, para mim, não interessa se é curdo ou cearense. Corrupto é corrupto, ladrão é ladrão”, disse o ex-ministro.

“Mais uma vez, Ciro Gomes nos ataca de forma generalizada, agora chamando membros da comunidade de ‘corruptos’. Não vemos Ciro ligar outras minorias ou grupos à corrupção no Brasil”, disse a Conib em nota, pedindo retratação. Ciro não foi localizado.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Estadão Conteúdo

PDT DE PERNAMBUCO PRETENDE LANÇAR NOVOS NOMES PARA PREFEITOS NAS CIDADES DE VITÓRIA E PAULISTA

A legenda busca renovar suas bases e fortalecer Tulio Gadelha

Os jovens André Carvalho e Paulo Fernando ambos filiados antigos do PDT

e ligados ao Deputado Federal Tulio Gadelha estariam na mira da legenda

para lança candidatura própria em Vitória de Santo Antão e Paulista.

André é considerado um fenômeno dentro do PDT, isso por que o partido

estuda busca novos nomes para ampliar sua base em Pernambuco e ao mesmo

tempo a renovação com o motivo de reforçar a candidatura de Ciro Gomes

em 2022.

Paulo é jornalista, presidente da Associação dos Blogueiros de

Pernambuco, em suas redes o mesmo é bastante crítico ao governo do

Junior Matuto (PSB), o mesmo teria apoio da juventude, estudantes e dos

eleitores de opinião na cidade das chaminés.

Ainda é preciso aguardar as negociações dentro da sigla que enfrente uma

batalha interna entre Tulio e Wolney Queiroz, negociação essa que deve

ser guiado por Carlos Lupi presidente nacional do PDT.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/news@pernambucoemfoco.com.br

TASSO JEREISSATI ASSUME COMPROMISSO COM NOVO PACTO FEDERATIVO

Em reunião com o deputado Silvio Costa Filho (PRB), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Novo Pacto Federativo, ontem, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) assumiu compromisso de participar ativamente das discussões da Frente Parlamentar do Novo Pacto Federativo, no Congresso Nacional. Governador do Ceará por duas vezes, Jereissati entende ser importante discutir o tema no país e vai acompanhar no Senado os projetos de interesse dos municípios, a exemplo da cessão onerosa, Lei Kandir, 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), entre outros.

Segundo Silvio, o apoio do senador, que é um municipalista e entende que o Novo Pacto é de grande importância para o desenvolvimento do Brasil. “A presença senador Tasso, como um dos atores da Frente do Novo pacto Federativo é a certeza que vamos avançar nas pautas que visam fortalecer os municípios. Ele tem espírito público e como ex-governador do Ceará tem a compreensão da necessidade do fortalecimento dos estados e municípios. Entendo que em conjunto podemos avançar em uma pauta que busque a retomada do crescimento e a geração de emprego e renda. Esse é um tema que precisa unir a todos nós”, destacou.

Ao lado dos parlamentares que integram a Frente, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) vai iniciar, na próxima semana, uma série de visitas a governadores de todo o Brasil, como o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e de São Paulo, João Dória (PSDB), para falar do trabalho que está sendo desenvolvido pela Frente do Novo Pacto Federativo e colher sugestões dos representantes estaduais. Além disso, um grupo de trabalho, envolvendo Câmara dos Deputados, Senado Federal, Ministério da Economia, Confederação Nacional de Municípios e Ministério da Economia, deve ser criado com objetivo de ampliar a discussão sobre o tema.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Por Magno Martins

PEDIDO DE GILMAR COLOCA 2ª TURMA PARA DECIDIR SOBRE LIBERDADE DE LULA EM SESSÃO PRESENCIAL

O pedido de liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será julgado presencialmente pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma solicitação do ministro Gilmar Mendes tirou o julgamento do plenário virtual do colegiado.

A mudança faz com que a análise do habeas corpus solicitado pela defesa de Lula, que foi iniciada virtualmente nesta sexta-feira (12), fique ainda sem data para ser apreciada. Na apreciação virtual, os ministros votam em um sistema interno da entidade, em um prazo de uma semana.

A Segunda Turma do STF é composta pelo relator da Operação Lava Jato na Corte, ministro Edson Fachin, e pelos ministros Celso de Mello, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski, além de Gilmar.

Os advogados de Lula tentam alterar a decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Félix Fischer, que negou sozinho o recurso especial do ex-presidente contra sua condenação em segunda instância no processo do tríplex do Guarujá. A defesa solicita que a sentença seja anulada e o petista seja solto.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Via Folhapress

CLEBEL CORDEIRO PODE IR PARA O PSC E SER CANDIDATO A REELEIÇÃO COM FABINHO VICE

O Prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro, está de saída do MDB. Segundo informações colhidas pelo Blog Sertão Central, os líderes políticos que ajudaram a elegê-lo em 2016, não receberam o mesmo apoio nas eleições de 2018, e não acreditam mais no prefeito.O PSC deve ser o destino de Clebel, o partido é o mesmo que seu aliado Fabinho (Irmão do vereador Flavinho) está à frente. Por sinal, Fabinho é cotado para ser o sucessor do vice-prefeito Dr. Chico nas próximas eleições em 2020, formando assim a chapa Clebel e Fabinho, Prefeito e vice, respectivamente.

De acordo com um vereador ligado ao prefeito, o mesmo está esperando uma ajuda financeira em torno de 7 Milhões de reais para decidir seu futuro político.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Sertão Central

DEPUTADO FEDERAL DANILO CABRAL CRITICA CORTES NA EDUCAÇÃO

Além da má gestão no Ministério da Educação, o governo federal anuncia cortes para a área. A pasta foi a mais atingida pelo contingenciamento publicado em edição extra do Diário Oficial da última sexta-feira. Dos R$ 35,9 bilhões cortados, R$ 5,8 bilhões são do MEC. “O governo, com esse corte, sinaliza que a educação não é prioridade. Essa é uma área que deveria ser estratégica para o desenvolvimento do país, não deveria ser atingida”, critica o deputado federal Danilo Cabral (PSB).

O total em despesas discricionárias para a área previsto na LOA deste ano era de R$ 23,6 bilhões e passou, agora, para R$ 17,7 bilhões. Segundo o decreto, o governo aplicará o mínimo garantido na Constituição. “Isso não suficiente. A educação brasileira avançou nos últimos anos e o mínimo não dá conta dos investimentos necessários para assegurar o desafio que nós temos hoje”, afirma. O deputado cita a situação precária das universidades, que estão quase fechando as portas, e os cortes nas bolsas de pesquisa.

“Não há como reduzir essa desigualdade sem promover investimentos, é um desafio urgente. Não podemos admitir que o gasto com a educação se restrinja à obrigação constitucional, precisamos avançar”, diz o deputado. Ele ressalta que, nos últimos anos, os investimentos em educação vêm sendo alvo de “ataques”. “Mudaram as regras do pré-sal, implantaram o teto dos gastos e, agora, há um movimento declarado do governo de desvincular o orçamento, afetando diretamente a educação”, ressalta.

A prova de que os recursos investidos na educação são insuficientes é a comparação com os recursos aplicadas na área pelos países da OCDE (Organização para o Desenvolvimento Econômico), que o Brasil que fazer parte. Hoje, gasto público anual por aluno da educação básica a superior no Brasil é de US$ 3,4 mil. O gasto médio da OCDE é de US$ 9,3 mil 0 dólares (5.900 a mais que o Brasil).

“Em três meses de governo, houve mais troca de cargos no Ministério da Educação do que anúncios de políticas públicas. Dessa forma, o Brasil só aumentará seu passivo histórico e não trataremos do que é fundamental para a área, como o cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação (PNE)”, afirma Danilo Cabral.

Da redação do BLOG do Emanoel /Por Magno Martins

VEREADORA LENINHA DINIZ CONFIRMA ADESÃO AO GRUPO POLITICO DO PREFEITO TÚLIO ALVES EM BODOCÓ

A vereadora do município de Bodocó Leninha Diniz, afirmou na tarde dessa quinta-feira , dia 28 de fevereiro, a sua saída da bancada de oposição bodocoense e a sua adesão ao grupo político do Prefeito Túlio Alves.  A informação foi confirmada pela própria parlamentar em entrevista ao jornal da Rádio Liberal FM.

A mesma justificou que na politica existe o dinamismo de mudança de bancada, e afirmou que vários motivos levaram a tomar a decisão alegando sentir um certo isolamento na oposição, e justificou está sendo bem acolhida no grupo do atual prefeito.

Leninha Diniz disse ainda que muda de bancada mais será a mesma Vereadora com a mesma luta e competência  em prol do povo bodocoense.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Portal do Araripe

SESSÃO MOVIMENTADA E CHEIA DE POLÊMICA NA CÂMARA DE VEREADORES DE OURICURI E PREFEITO COMENTA SOBRE O CASO

Nesta terça-feira, 22 de janeiro, aconteceu  mais uma sessão ordinária na Casa Rodrigo Castor em Ouricuri onde participaram 14 dos 15 parlamentares, registrando a ausência do vereador Carlos Nunes, líder da bancada de situação que justificou a falta, afirmando está em viagem ao estado do Ceará.

No primeiro expediente, dois projetos de lei foram aprovados em 1º e 2º turnos, os quais tratavam do projeto 001/2019 que tratava da adequação do salário mínimo de 998 reais aos servidores da Câmara e o Projeto 002/2019, o qual tratava sobre a alteração da remuneração dos cargos efetivo, inativos, pensionistas da estrutura administrativa da Câmara.

A diretoria do SINDSEP se fez presente à sessão, porém não fez uso da palavra em plenária, pois não havia enviado ofício para tal, devendo fazê-lo para a próxima sessão para pedir espaço e cobrar agilidade no envio, votação e aprovação do projeto de adequação do novo salário mínimo.

Também no primeiro expediente, 7 indicações foram apresentadas, discutidas e aprovadas, destaque para uma do vereador Alex Bar, que pede a realocação dos moradores da rua Adalberto Pedro da Silva para atendimento na UBS José Pimentel I e II, os quais hoje são atendidos pela UBS do bairro Santo Antonio.  Os moradores alegam distância e inconstância de localização da UBS do bairro, que é locada e sempre muda de lugar.

Outra indicação, dessa vez da vereadora Adelucia, apresentou e conseguiu a aprovação da indicação  que faz com que a Policlínica municipal que atenda 24 horas, justificando a alta demanda e a não existência de um hospital municipal em Ouricuri.

No segundo expediente, o bicho pegou, quando a vereadora e presidente da Casa, Adelucia Cleia, que se dirigiu aos vereadores denominados oposicionistas à sua candidatura a reeleição para presidente, especialmente o vereador Iran Severo, que esteve na rádio e citou que eleição deveria ser anulada, se dirigindo diretamente a Iran Severo, vamos conferir a fala da presidente.

Ao final da sessão, Iran Severo comentou as citações de Adelúcia, afirmando não se aprofundar no tema por está em trâmite na justiça, ouça.

PREFEITO FALA SOBRE IMPASSE DA CÂMARA NA REELEIÇÃO DA PRESIDENTE ADELÚCIA

Durante o evento de entrega dos boletos do Garantia Safra, perguntamos ao prefeito Ricardo Ramos sobre a questão da polêmica envolvendo inclusive vereadores aliados do executivo, quando o chefe do executivo disse que apesar da conversas com os aliados, não irá interferir na questão, confira:

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Grande Serra FM

POLÊMICA NA CÂMARA DE VEREADORES DE OURICURI: MAIS UMA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA PARA ELEGER O SUBSTITUTO DO SECRETÁRIO DA MESA DIRETORA DEIXA DE ACONTECER POR FALTA DE QUÓRUM EM OURICURI

Marcada para a noite dessa quinta-feira, 17 de janeiro a sessão extraordinária, que daria posse ao vereador GALEGO, que deve substituir o vereador Nanias de Santa Rita, que desistiu de integrar a nessa diretora da casa como 1º secretário.

Esta foi a segunda tentativa da presidente Adelucia Cleia em sessão extra para empossar o parlamentar, nas duas tentativas os vereadores que hoje são oposição a presidente, após sua reeleição, não comparecem e a sessão deixa de acontecer.

A sessão chegou a ser aberta, mas devido a falta dos parlamentares, não ocorreu.

Conversamos com o vereador Giba, que se mostrava decepcionado com a atitude dos colegas sobre suas faltas e consequentemente a não realização da sessão, confira:

Nossa reportagem aproveitou e ouviu o vereador Nanias de Santa Rita, que desistiu do cargo de secretário e o vereador, ele disse que já havia sinalizado que não queria um lugar na mesa-diretora, ouça:

Por fim ouvimos o parlamentar que deve assumir como secretário da mesa diretora e continua no aguardo do desenrolar para assumir sua posição naquela casa, ele chegou a dizer que seria falta de respeito dos faltosos para com os colegas, vamos ouvir:

Faltaram à sessão nesta quinta, dia 17 de janeiro, IRAN SEVERO, IVALDO JOTA, IRMÃO DANIEL, NEM DO CROSS, CÍCERO DE EUCLÍDES, CARLOS NUNES, E DELVÂNIA SOBRAL.

Vale salientar que será anunciada uma nova sessão extraordinária na próxima terça-feira na sessão ordinária da casa, caso essa extra não ocorra, a posse será marcada para acontecer em sessão ordinária e não dando quórum, a pauta será trancada e só será destravada quando houver a posse, segundo a própria presidente da Casa, Adelúcia.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro

PROCURADORA GERAL DA REPÚBLICA SE DIZ A FAVOR QUE TEMER, ELIZEU PADILHA E MOREIRA FRANCO SEJAM INVESTIGADOS

Em manifestação encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) ontem, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se posicionou a favor de que o ex-presidente Michel Temer e os ex-ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia) sejam investigados conjuntamente no caso que trata de supostas propinas de R$ 14 milhões da Odebrecht para a cúpula do MDB.

A apuração está relacionada com o jantar no Palácio do Jaburu, realizado em 2014, e que foi detalhado nos acordos de colaboração premiada de executivos da Odebrecht. Então vice-presidente, Temer teria participado do encontro em que os valores foram solicitados.

O inquérito tramitava no STF, mas foi desmembrado – apenas a investigação contra Temer estava suspensa pelo fato de a investigação dizer respeito a atos ocorridos antes do período em que ele comandou o Palácio do Planalto. A Polícia Federal já concluiu pela existência de indícios de que Temer, Padilha e Moreira Franco cometeram os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/O Estadão Conteúdo

FERNANDO BEZERRA TEM SEU NOME DEFENDIDO PARA PRESIDÊNCIA DO SENADO POR RENAM CALHEIROS

O nome do Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) foi defendido por Renan Calheiros para concorrer à Presidência do Senador, caso ele não consiga os 41 votos que precisa para ser o candidato do MDB.

Se Fernando Bezerra for mesmo o candidato do MDB vai disputar com a senadora Simone Tebet.

Um dos problemas que o senador Pernambucano pode enfrentar é que o nome de Simone é mais aceitável que o dele entre os colegas, más nada pode ser impossível, visto que Fernando é muito articulador e tem consigo uma larga experiência política.

Fernando Bezerra Coelho é senador desde 2015, ele foi eleito em 2014 quando disputou a vaga na chapa junto com o atual governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB). Hoje faz oposição ao governador, inclusive tentou colocar seu nome na disputa das eleições de 2018, mas foi impedido por uma briga partidária com o deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB), que não liberou a legenda para Fernando ser candidato a governador de Pernambuco.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Damião Sousa/AFNEWSS/Foto: Pedro França

GOVERNO DE PERNAMBUCO REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO COM NOVO SECRETARIADO

A reunião deste sábado (5) foi o primeiro encontro do secretariado / Foto: Ezequiel Quirino/TV Jornal

Após definir os 27 nomes que comandarão as pastas para o seu segundo mandato, o governador Paulo Câmara (PSB) realizou, no Palácio do Campo das Princesas, o primeiro encontro com todos os novos secretários para definir as prioridades e metas para os próximos anos de cada secretário ou órgão de Estado.

“É a deste novo ciclo e nosso Estado segue um padrão de governabilidade reconhecido mundialmente. Vamos apresentar ao nosso secretariado, principalmente aos novos, como funciona esse modelo. É um modelo de gestão que percorre o Estado para escutar a população”, disse Alexandre Rebêlo, secretário de Planejamento e Gestão do governo do Estado.

Ainda segundo Alexandre, as prioridades de cada pasta ainda serão definidas a partir de estudos das ações que já estavam em andamento. “O que a gente faz agora é olhas as metas e pactuar com o governador o que será feito no Estado”, completou.

Governo Bolsonaro

O governador também destacou a necessidade da integração entre as pastas, para a garantia de mais efetividade nas ações de governo, e orientou o secretariado a buscar recursos com governo Bolsonaro. “A orientação do governador é a de que os secretários devem ir até Brasília procurar os ministros e buscar ações e financiamentos para as obras relacionadas a Pernambuco”, explicou Rebêlo.

Além do governador Paulo Câmara, participaram da reunião os gestores das 22 secretarias, Procuradoria Geral, Casa Militar, além da vice-governadora Luciana Santos.

Novo secretariado

O novo secretariado tem a marca do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Um dos principais auxiliares do prefeito, o secretário municipal de Planejamento e Gestão de Pessoas, Alexandre Rebelo, comandará a Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco. A pasta é uma das principais Estado que concentra funções de gestão fiscal e coordena programas como o Pacto Pela Vida.

À frente da gestão dos Compaz da prefeitura, o jornalista Eduardo Machado passará a assumir a Secretaria de Imprensa. O secretário de Governo do Recife, Sileno Guedes, presidente estadual do PSB, também foi um dos nomes que irá compor a nova equipe de Paulo. Guedes ficará com a pasta que comanda a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Da Editoria de Política do JC / Foto: Ezequiel Quirino/TV Jornal

PAULO CÂMARA NÃO DEVE CHAMAR DEPUTADOS FEDERAIS PARA COMPOR SECRETARIADO

O pós-Natal trouxe consigo uma informação que pode mudar completamente a correlação de forças na Frente Popular. É que o governador Paulo Câmara, dizem aliados em reserva, teria se decidido por não convocar nenhum deputado federal para seu secretariado. A decisão joga um balde de água fria em diversas forças políticas do estado, que contavam com um cenário de até quatro federais no primeiro escalão, abrindo as vagas dos suplentes. A decisão, ressaltam as fontes, não se aplica aos deputados estaduais.

De cara, a não convocação de deputados federais confirma uma notícia antecipada pela coluna de que João Campos, eleito com a maior votação da história, vai mesmo ficar em Brasília exercendo o mandato. O filho de Eduardo, inclusive, será um representante do PSB de Pernambuco com mais presença na cúpula do partido. Sem mandato a partir de janeiro, os governadores Márcio França (São Paulo) e Rodrigo Rollemberg (Distrito Federal) podem virar empecilhos na hegemonia do estado no comando partidário.

Outro que deve ficar na capital federal é Felipe de Carreras, que, afastado do núcleo governista em Pernambuco, está sendo procurado para voltar ao ninho, restaria saber se o parlamentar manterá o espaço do seu grupo no governo. Quem ficará de fora nessas condições é Milton Coelho, ex-secretário de Administração e primeiro suplente da coligação. O socialista, contudo, deve ser aproveitado no governo.

Opção do PT para a nova Secretaria de Desenvolvimento Agrário, o atual presidente da CUT, Carlos Veras, já estava até fazendo elogios ao governador em entrevistas. Veras era um dos generais de Marília Arraes na pré-campanha da vereadora ao Campo das Princesas. Sua ida para o governo era vista como uma forma de “matar dois coelhos com uma só cajadada”, porque abriria espaço em Brasília para o primeiro suplente do PT, Odacy Amorim, ao mesmo tempo em que o afastaria de Marília. Com isso, o indicado do PT para a pasta deve ser mesmo o estadual eleito Doriel Barros, da Fetape, que assegurará vaga na Alepe para o ex-prefeito João da Costa e na Câmara do Recife para Oscar Barreto.

Outro que sonhava acordado com a convocação de um deputado eleito da sua chapa – PP, PR e SD – era Kaio Maniçoba, também primeiro suplente. Kaio, que foi secretário de Habitação de Paulo Câmara, teria articulado a vaga de vice na chapa de Armando Monteiro, fechando as portas no governo. Por fim, ainda havia a possibilidade de Sebastião Oliveira, da mesma coligação, voltar ao primeiro escalão estadual. Como perdeu o comando do PR, o parlamentar deve ter seu espaço reduzido no governo.

O chefe da Assessoria Especial do governador, Antônio Figueira, está conversando com os líderes dos partidos da Frente Popular para tratar da composição do secretariado estadual. As reuniões, contudo, têm sido realizadas fora do Palácio para evitar fofocas – muitas delas, inclusive, na residência do secretário. Depois da prévia com Figueira, os dirigentes partidários sentarão com o próprio Paulo Câmara. As principais legendas já foram consultadas.

O prefeito Geraldo Julio já avisou a cinco auxiliares que eles podem ir para a equipe do governador Paulo Câmara com o objetivo de ajudar o mandatário e abrir espaços na Prefeitura do Recife para mais partidos da Frente Popular ocuparem secretarias. Alguns desses quadros, inclusive, formam a chamada “coluna vertebral” do Governo Geraldo. Palacianos apontaram que o prefeito queria fazer um gesto com o projeto.

Até então intocáveis, nomes umbilicalmente ligados a Geraldo Julio já foram cogitados pelo chefe para serem liberados para Paulo Câmara. Entre eles, Alexandre Rebelo, secretário de Educação, e Roberto Gusmão, titular da pasta de Infraestrutura e Habitação – ambos ventilados também para 2020. Contudo, é difícil que os dois saiam. Apesar da largueza do prefeito, dizem aliados, os auxiliares devem permanecer na prefeitura.

Quem pode estar de mudança para o Estado com o objetivo de ajudar Paulo na articulação política é o presidente estadual do PSB e atual secretário de Governo do Recife, Sileno Guedes. Outro nome lembrado foi o do secretário executivo de Planejamento da capital, Alexandre Gabriel, que teve desempenho elogiado na coordenação da comunicação da campanha de Paulo. Também se fala em João Guilherme Ferraz, que toca a área de Projetos Especiais da PCR. Em comum, além da capacidade técnica e sensibilidade política, tem o fato de os três serem muitos ligados a Geraldo.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Por Arthur Cunha/magno Martins

UNIÃO ENTRE PPS E REDE SUSTENTABILIDADE MARCADA PARA MARÇO

A união do PPS com a Rede ficou para 2019 e, se tudo der certo, será em março. O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), não reeleito, preparou uma lista de compromissos.

“Estou com medo de que fiquem discutindo a burocracia da fusão, e não o programa”, disse.

Após dois mandatos, o senador afirmou que fará “pequenos sabáticos” a partir de janeiro. “Vou escrever, ler e viajar”, afirmou. África do Sul e China estão na lista.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Coluna do Estadão