JORNALISTA ALEXANDRE GARCIA SE CASA AOS 79 ANOS

Alexandre Garcia se casa aos 79 anos - Reprodução/Instagram

O jornalista Alexandre Garcia comemorou ontem os 79 anos de idade, mas a festança mesmo nesta terça-feira, 12 de novembro, na celebração de seu casamento. Ele aproveitou as redes sociais para registrar o momento dos votos e postou uma foto do casal com a seguinte legenda: “Recém-casados”, escreveu, sem revelar o nome da mulher. Alexandre é pai de Denise Garcia e Julia Nunes Garcia, que é repórter de esportes da Globo. Ambas estiveram presentes no casório e, nos stories do jornalista, apareceram ao lado da nova madrasta.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/TV Famosos

A MORTE VAI SE TORNAR OPCIONAL, DIZ ENGENHEIRO FUTUROLOGISTA

O engenheiro e futurologista venezuelano José Luis Cordeiro, de 57 anos, é um entusiasta da vida eterna. Seu otimismo com o fim da morte, baseado, em grande parte, no pensamento no filósofo da singularidade, Raymond Kurtzweil, é realista e embasado por dados e argumentos. Formado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), Cordeiro se concentra nos recursos médicos e computacionais que já ajudam a prolongar a vida e prometem transformar a morte em um mal evitável. Seu interesse pelo assunto aumentou quando seu pai faleceu, há cinco anos, desamparado pela falta de recursos da medicina na Venezuela. A situação o abalou emocionalmente e o levou a mergulhar nos estudos sobre rejuvenescimento e imortalidade. Junto com o matemático David Wood, escreveu o livro “A morte da morte”, no qual coloca à prova suas ideias sobre a interrupção da velhice, considerada por ele uma doença. “Já temos novas tecnologias de reprogramação celular e estamos entre a última geração humana mortal e a primeira imortal”, disse Cordeiro em entrevista à ISTOÉ.

O senhor considera o envelhecimento uma doença. Como assim?

A ideia é que tratemos o envelhecimento como uma doença a mais, a pior das doenças, a mãe de todas as doenças. Acaba de sair um livro chamado “Lifespan: Why we age — and Why we don´t have to”, de um cientista da Universidade de Harvard, David Sinclair, biólogo muito respeitado. E ele fala isso: o envelhecimento é uma enfermidade e temos de classificá-lo assim para que tenhamos mais pesquisas. As companhias não investigam o envelhecimento porque ele não é ainda considerado doença, como antes a sarcopenia, que diminui a massa magra do corpo, não era enfermidade. Se estudarmos o envelhecimento, se o curarmos, curaremos outros males que são causados por ele, como as doenças neurodegenerativas, cardíacas e o câncer. Hoje, as pessoas morrem principalmente de doenças relacionadas ao o envelhecimento.

Poderemos impedir o envelhecimento?

Sabemos que há células e organismos que não envelhecem, como, por exemplo, as bactérias. Elas são as primeiras formas de vida no planeta. Dividem-se de maneira simétrica e podem viver indefinidamente. As bactérias que se juntaram para formar organismos multicelulares geraram dois tipos de células: as células germinais de reprodução, os espermatozóides e óvulos, que são imortais, e as células somáticas do corpo, que ficam velhas. As células germinais podem morrer, porque quando o corpo, o soma, morre, elas morrem também, ainda que não envelheçam.

Há outros exemplos?

Outro tipo de célula que se descobriu que não envelhece é a do câncer. O câncer envolve uma série de mutações que podem acontecer em qualquer parte do corpo e que detém a degeneração celular. Esse é o problema do câncer, ele não envelhece e por isso é preciso matar todas as células cancerosas porque, se deixar uma sobrevivente, elas voltam a se reproduzir. Nós temos células imortais boas, as germinais, e desordenadas como as do câncer. Também há organismos como as hidras e as medusas, que são considerados biologicamente imortais. Estamos descobrindo cada vez mais organismos pequenos e simples que não degeneram. Quando as pessoas falam que é impossível ser imortal, falo que é possível, que já existem formas de vida na natureza que nunca morrem.

E como isso pode servir para o ser humano?

Pela primeira vez, estamos compreendendo isso. Depois do sequenciamento do genoma humano conseguimos entender, por exemplo, que o câncer é uma mutação para se manter jovem. Por isso, companhias de computação como a Microsoft anunciaram que vão curar o câncer. Não foi uma companhia médica ou farmacêutica que falou isso, mas a Microsoft, porque o câncer é um problema computacional, não um problema médico. Podemos encontrar as mutações que geraram o câncer e compará-las com as células não cancerosas. Outra coisa incrível é a descoberta, em 2006, de um cientista japonês da Universidade de Tóquio, chamado Shinya Yamanaka. Ele descobriu que células podem ser reprogramadas e que é possível modificar genes de uma célula velha e torná-la novamente jovem. Em 2012, ganhou o Prêmio Nobel. Graças a Yamanaka, sabemos que o envelhecimento é controlável e reversível. Isso já foi feito a nível celular. Agora os cientistas trabalham com os órgãos e com o corpo inteiro. Temos novas tecnologias e estamos entre a última geração humana mortal e a primeira geração imortal.

Qual é o papel da inteligência artificial contra a velhice?

O sequenciamento do genoma envolve três bilhões de bases nitrogenadas (adenina, timina, citosina e guanina), que não podemos compreender. A mente humana não consegue ver a diferença entre três bilhões de bases não mutantes e três bilhões mutantes. Nosso cérebro é limitado. E a inteligência artificial não tem esse problema. Por isso, ela será decisiva para a cura de muitas doenças e para a criação de novos tratamentos. Os tratamentos têm sido feitos em ratos, que, geneticamente, são 90% iguais aos humanos, mas só vivem dois anos, dois anos e meio. Agora temos espécimes que vivem cinco anos. Conseguimos duplicar a expectativa de vida dos ratos. E já temos conhecimento suficiente para usar isso experimentalmente com os humanos. A Food and Drugs Administration (FDA) aprovou nesse ano os primeiros tratamentos com drogas senolíticas para prolongar a vida. Os cientistas descobriram que as células não envelhecem igualmente. Há algumas células que envelhecem e não morrem, chamadas de células zumbis. Com o tratamento senolítico, é possível matar as zumbis, e as células-tronco que ainda estão no corpo geram novas células boas e jovens. É uma coisa que não conhecíamos e agora sabemos que é um caminho para prolongar a vida.

Mas há algumas complicações. Se todos se tornarem imortais, se criará uma superpopulação.

Essa era a armadilha malthusiana. As pessoas falam sempre que há superpopulação. Quando Thomas Malthus escreveu, há mais de dois séculos, que o mundo estava superpovoado, que havia muita gente, viviam na Terra menos de 1 bilhão de pessoas. A Inglaterra tinha 10 milhões de habitantes. Hoje, somente Londres possuí 12 milhões e a Inglaterra está com quase 70 milhões. A população de muitos países começou a diminuir. O caso mais terrível é o do Japão. A população do Japão decresce há mais de dez anos. Nesse ritmo, o país não mais existirá em dois séculos. Mas, como deixaremos de envelhecer, isso não irá acontecer. As pessoas não vão morrer a partir de 2045.

Por que 2045?

Muitas dessas projeções são do futurista Raymond Kurzweil. Ele fez previsões que utilizo no meu livro. Ele fala que no ano de 2045 o envelhecimento e a morte se tornarão opcionais. É a singularidade tecnológica, quando a inteligência artificial ultrapassará a inteligência humana. São extrapolações segundo a Lei de Moore, comparando os neurônios com os transístores. Em 2045 vamos chegar a uma inteligência artificial superior a todos os humanos juntos. Mas, antes, outra data importante é o ano de 2029, quando alcançaremos a velocidade de escape da longevidade. Isso é muito importante. Com o alcance da velocidade de escape para cada ano que vivermos, ganharemos um ano a mais. Atualmente, para cada ano que sobrevivemos, ganhamos quatro meses de vida. Não é suficiente. Kurzweil estima que a partir de 2029 passaremos a viver indefinidamente, mas ainda envelhecendo. E no ano de 2045 teremos as tecnologias de rejuvenescimento biológico com a reprogramação celular. Poderemos copiar nosso cérebro e transferi-lo para um computador. As tendências tecnológicas atuais não são lineares e sim exponenciais. Nas próximas duas décadas veremos tantas mudanças como nos últimos dois mil anos.

Não se corre o risco da imortalidade ser algo só para as elites?

Essa é uma das perguntas mais típicas. A primeira é a da superpopulação. A segunda é essa. Todas as tecnologias quando começam são caras e malucas. E quando se democratizam se tornam mais baratas e eficientes. Três exemplos. Os primeiros telefones celulares eram para ricos. Agora todo mundo tem um. O celular é uma máquina mais poderosa que o computador da missão Apolo. Outra coisa é o sequenciamento do genoma. O sequenciamento do primeiro genoma humano demorou treze anos para ser concluído e custou três bilhões de dólares. Hoje, pode ser feito por duzentos dólares em um dia. Em cinco anos, sequenciaremos o genoma por dez dólares em um minuto. O terceiro exemplo é a Aids, que era mortal e agora não é mais. Os primeiros tratamentos custavam milhões e hoje são baratos. Ninguém morre mais de Aids nos países desenvolvidos.

Um pobre indigente, por exemplo, pode não ter interesse em se tornar imortal. Para algumas pessoas, viver eternamente pode não ser um bom negócio.

Acho que a imortalidade será muito boa para todos, porque não se trata só de extensão da vida, mas também da expansão da vida. Aumentaremos a quantidade, mas também a qualidade de vida. Poderemos ver mais filmes, ler mais livros, aprender muitos idiomas novos. Há muitas coisas no mundo para aprendermos. As pessoas não têm tempo para fazer todas as coisas que gostariam. E, se vivermos mais, faremos muito mais. Na verdade, todos sairão ganhando.

As religiões sempre se ocuparam da vida depois da morte. Com a imortalidade as religiões deixarão de existir?

Sou muito atacado pela Opus Dei. Eles me detestam e têm uma campanha contra mim na Espanha. Chamaram-me de falso profeta, charlatão, para me desacreditar. Mas sei, como meus amigos cientistas, que estou do lado certo da história. É uma questão de tempo. O fim da morte implica a morte da religião, porque ela vive da pós-vida. O propósito das religiões é explicar o que acontece quando se morre. As religiões atuais vão desaparecer ou deveriam desaparecer.

Mas haverá pessoas que vão preferir morrer em nome da fé.

Haverá pessoas que vão ficar no passado, como os Amish hoje em dia, mas todas as religiões falam que seu objetivo é a vida eterna. No futuro próximo a vida eterna será aqui mesmo.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/IstoÉ

MORRE JORGE FERNANDO AOS 64 ANOS NO RIO DE JANEIRO

diretor da TV Globo Jorge Fernando morreu aos 64 anos na noite deste domingo , dia 27 de outubro, no Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela autora Glória Perez.

Segundo nota oficial divulgada pela unidade, o célebre diretor morreu após dar entrada na unidade no fim da tarde. A causa da morte foi uma “parada cardíaca em decorrência de uma dissecção de aorta completa.” Jorge era muito querido no meio e seu último trabalho foi a direção de “Verão 90”, no horário das 19h. Um sucesso de audiência, a novela marcou o seu retorno ao trabalho após sofrer um acidente vascular cerebral em janeiro de 2017.

Há 41 anos na TV Globo ele dirigiu novals como “Rainha da Sucata”, “Cambalacho”, “Que Rei Sou Eu”, “A próxima Vítima”, “Ti-Ti-Ti”, “Alma Gêmea” e “Eta Mundo Bom”. Ator, diretor, escritor e humorista, Jorge reformulou a forma de dirigir para televisão. Próximo do casting, ele era elogiado por ajudar os atores sem se colocar acima deles.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Yahoo Notícias

PERNAMBUCO ELEGE OS SEIS NOVOS PATRIMÔNIOS VIVOS DO ESTADO. OURICURI TEM MESTRE APRÍGIO

O Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural elegeu seis novos Patrimônios Vivos de Pernambuco em uma reunião ordinária, realizada nesta quarta-feira, dia 10 de julho. São eles: Mestre Saúba (Brinquedos populares e mamulengos, de Jaboatão dos Guararapes), Maracatu de Baque Solto Cambinda Brasileira (Nazaré da Mata), Mestre Aprígio (artesão do couro, de Ouricuri), Mestre Nado (artesão de instrumentos musicais feitos de barro, de Olinda), Assis Calixto (mestre de coco, de Arcoverde) e Tribo Indígena Carijós do Recife (Caboclinho, do Recife).

Os vencedores passam a receber bolsa vitalícia de R$ 1.600, no caso de pessoa física, e R$ 3.200 no caso de grupos/pessoas jurídicas.
O Mestre Aprígio de Ouricuri em entrevista exclusiva, revelou ao repórter Emanoel Cordeiro a emoção e a satisfação em ser escolhido patrimônio vivo de Pernambuco e agradeceu aos que votaram e contribuíram para o feito, inclusive sua família e amigos de Ouricuri, a administração pública, em nome do atual gestor, Ricardo Ramos e ao coordenador de cultura do município Cezar Milton e a esposa Geruza, assim como o Frei França, (que já foi pároco de São Sebastião em Ouricuri e hoje está como membro da comissão que elegeu o mestre Aprígio, que nos revelou que continua na atividade mais já repassou os ensinamento para o seu filho Romildo. (Foto ao lado do pai e de Emanoel Cordeiro).
Entre as justificativas para as escolhas, o conselho ressaltou os saberes de cada mestre, a contribuição para a formação cultural dentro do seu território, o tempo de existência, histórico e questões como a regionalização. Os candidatos foram previamente inscritos no 14º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco – RPV-PE, Secult-PE) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).
O objetivo do prêmio é reconhecer, estimular e proteger iniciativas que contribuem para o desenvolvimento sociocultural e profissional dos mestres e das mestras e grupos de notório saber, almejando a transmissão de seus conhecimentos e de suas técnicas para alunos ou aprendizes, através de programas de ensino e aprendizagem apoiados ou executados diretamente pela Secult-PE e Fundarpe.
“Com esses novos seis patrimônios, passamos a contar com 63 patrimônios vivos no estado”, avaliou o presidente da Fundarpe Marcelo Canuto. É sempre uma alegria reconhecer novos mestres e grupos que tanto contribuem para nossa cultura e, a partir do prêmio, passam a ser protegidos dentro do que executam, como também a ter o compromisso com a transmissão de seus saberes. Nas diversas ações que promovemos, os Patrimônios Vivos são uma presença constante, quase obrigatória, levando não apenas seu folguedo, mas também interagindo com novos públicos e ministrando aulas, participando de rodas de diálogo, dinamizando como nunca antes puderam fazer, a produção da sua arte.
CONHEÇA OS  ESCOLHIDOS:
José Aprigio Lopes – Mestre Aprigio
Ouricuri (Sertão do Araripe)
Artesanato em Couro
Nascido em Exu, terra de Luiz Gonzaga, no dia 25 de maio de 1941, José Aprígio Lopes, continua em plena atividade de artesão, no município de Ouricuri. Ele confecciona peças em couro e, sem nenhuma pretensão ou arrogância, conta que conhece bem o repertório de Luiz Gonzaga. Ele confeccionou a partir de 1955 os chapéus de couro usados por Luiz Gonzaga. “Meus chapéus serviram de coroa para os dois grandes reis que conheci, Luiz Gonzaga e Dominguinhos”, diz o Mestre Aprígio.
Foto: YouTube/Reprodução
Aguinaldo da Silva – Mestre Nado RECIFE
Produção de Instrumentos Musicais de Barro
Mestre Nado foi criado em meio ao universo do barro e deste se fez homem. A brincadeira com argila é desde a infância. Aos 10 anos passou a trabalhar como ajudante em uma olaria de quartinhas onde ficou até aos 17 anos. Esse é o local que lhe rende toda qualificação e experiência mas é em Tracunhahém que o mestre revela toda a força de sua cerâmica figurativa. Já morando em Caixa Dágua, periferia de Olinda, Mestre Nado passa a manter o Centro Cultural Som do Barro, local dedicado à construção de instrumentos musicais a partir do barro.
Mestre Nado. Foto Jan Ribeiro/Divulgação
Francisco de Assis Calixto Montenegro – Assis Calixto ARCOVERDE
Mestre Assis Calixto é natural de Sertânia, e reside em Arcoverde há 67 anos. O mestre é reconhecido no estado por suas composições e aglutina em seu currículo turnês nacionais e internacionais difundindo o samba de coco, dentro do grupo Coco Raízes de Arcoverde. As composições do mestre Assis Calixto retratam a vida do sertanejo, elementos da natureza e dos animais. O mestre também confecciona as tamancas de madeira utilizadas para dançar o coco, bastante difundidas pelos integrantes do coco Raízes, em suas apresentações.

Mestre Assis Calixto. Foto: Costa Neto/Divulgação

Tribo Indígena Carijós – Tribo Carijós do Recife

Região Metropolitana do Recife
Caboclinhos
A Tribo Indígena Carijós do Recife ou Caboclinho Carijós do Recife é a tribo mais antiga de
Pernambuco, com 122 anos de história dedicada a expressão cultural bem imaterial do Brasil. Ao longo do ano, a Tribo promove oficinas de fantasias, adereços, instrumentos musicais, ritmo e dança, além de rodas de diálogos sobre a cultura indígena e história do caboclinho como processo de transmissão dos saberes e fazeres ligados a esta manifestação cultural.

Pai Jeferson Nagô, de Caboclinhos Carijós do Recife. Foto Jan Ribeiro/Divulgação

José Antônio da Silva – Mestre Saúba

Jaboatão dos Guararapes (Região Metropolitana do Recife)
Brinquedos Populares e Teatro de Bonecos
Mestre Sáuba tem uma longa vivência no fazer e criar brinquedos populares. Iniciou suasatividades aos 20 anos de idade, quando conheceu a cigana e artesã Maria do Socorro. A produção de brinquedos artesanais é uma prática na família do mestre: participam também seu irmão mais novo, filho e neta de sete anos. Todos participam do ofício do fazer borboletas, ratinhos, carrinhos, rói-rói e manés gostoso confeccionados com movimento e feitos em madeira de imbaúba.
Foto: Jan Ribeiro/Divulgação
Sociedade Maracatu de Baque Solto Cambinda Brasileira
Nazaré da Mata
Maracatu de Baque Solto
A história do Cambinda Brasileira começou no Engenho Cumbe. A dona da propriedade,
conhecida como Dona Rosinha, permitia que os trabalhadores “brincassem maracatu” no domingo de folga. Gostava de ver e pedia que eles se apresentassem na Casa Grande. Em 1918, Nazaré passou por um ano de crise. Sem ter o que comer, a alternativa era pescar. As tarrafas vinham cheias de cambinda e o peixe acabou dando nome ao maracatu. Primeiro se chamou Cambinda Nova e depois Cambinda Amorosa até Dona Rosinha sugerir homenagear o País, mudando para Cambinda Brasileira.“O primeiro dono do maracatu foi o trabalhador do engenho Severino Lotero. Depois ele não quis mais e passou para João Fulosino e em seguida para João Lauro até meu pai, João Padre, e minha mãe, Dona Joaninha, tomarem conta (em 1945). Quando morreu, ele deixou o maracatu pra mim e meus irmãos João e Antônio e disse que Zé de Carro seria o presidente e mestre caboclo e Dona Biu, a madrinha”, conta José Estevão da Silva (Zé Padre), lembrando do pedido do pai debaixo do pé de jaca. “Falar da história de Cambinda é falar da história do baque solto. É um maracatu de tradição, de peso, respeitado”, diz.
Maracatu Cambinda Brasileira. Foto: André Sampaio/Divulgação
Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Folha PE

MORRE VÍTIMA DE INFARTO, O JORNALISTA PAULO HENRIQUE AMORIM

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu, na madrugada desta quarta-feira, dia 10 de julho, aos 77 anos. O jornalista deixou o legado para a comunicação brasileira.

Amorim estava em casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante — informação confirmada pela mulher dele.

Na noite da terça-feira (9), o jornalista havia saído para jantar com amigos.

Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003. Antes, passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do país.

Nascido em 22 de fevereiro de 1942, Paulo Henrique estreou no jornal A Noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.

Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional em Nova York.

Em 1996, deixou a TV Globo e foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band e o programa Fogo Cruzado. Depois, foi para a TV Cultura.

Em 2003, foi contratado pela Record TV, onde apresentou o Jornal da Record segunda edição. No ano seguinte, ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora.

Em 2006, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano.

Amorim deixa uma filha e a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro.

Seu último emprego foi na TV Record, mas estava fora do ar desde o mês passado, quando foi afastado do programa Domingo Espetacular. O jornalista morreu de enfarte na capital fluminense.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/R7/Imagem G1

ANIVERSARIANTE DO DIA, SR. DORGIVAL, 87 ANOS DE SERVIÇOS PRESTADOS EM OURICURI

PARABÉNS  DORGIVAL MEDEIROS, bastante conhecido em Ouricuri pelo cidadão que é e pelos serviços prestados.Dorgival Gomes de Medeiros, 87 anos, natural de Patos PB, foi Cabo do Exército Brasileiro, entre 1949 e 1952, após a saída da corporação, trabalhou na empresa Sambra, onde chegou ao cargo de gerente.

Em 1977,  chegou à cidade de Ouricuri, em 1983, foi convidado pelo então prefeito Bibi Coelho, para assumir a pasta de secretário de administração e finanças.

Também trabalhou nas gestões de Dario Peixoto, Biu Ramos, Chico Coelho e Ricardo Ramos em Ouricuri e com Geni Lemos durante 4 anos em Santa Filomena.

Hoje aposentado e destaque como o melhores secretários de administração de Ouricuri de todos os tempos, sendo inclusive condecorado com a medalha de honra ao mérito estadual, entregue pelo então governador Roberto Magalhães.

Dorgival também apaixonado por espotes, investiu no futebol, criando o time do Vasco da Gama em Ouricuri, que chegou a ser tri-campeão pelo município.

Além da vida profissional, também é querido no seio familiar e hoje é contemplado com 14 bisnetos, 25 netos, casado com a senhora Edimar, pessoa bastante respeitada e querida na cidade e pai de 13 filhos, dos quais 2 são falecidos.

Dentre os filhos vivos, está o Lenildo Medeiros, também conhecido como Lenildo de Dogival, ex candidato a deputado estadual.

Nesta data, os familiares e amigos o parabenizam por esta data especial, assim como os que fazem o Blog do Emanoel Cordeiro, o Radar de Notícias de Ouricuri. PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias

POLICIAL DA 9ª CIPM DE ARARIPINA É CAMPEÃO MUNDIAL DE JIU JITSU

O policial militar destacado na 9ª CIPM de Araripina, TERLIANO GAIA, sagrou-se campeão mundial de Jiu-jitsu em competição realizada nos dias 8 e 9 de junho na cidade de Feira de Santana-BA. Essa é a terceira vez que o atleta conquista o título na sua categoria.

De acordo com informações do professor e radialista do Sistema Beto Som, Nivaldo Vieira, em Julho, Terliano, disputará a 2ª Etapa do Campeonato Pernambuco de Jiu-Jitsu.

Caso vença a competição pernambucana sua categoria, em outubro o policial/Atleta disputará a Copa América, na Argentina.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Roberto Gonçalves

MODELO QUE ACUSA NEYMAR DE ESTUPRO TEVE APARTAMENTO ARROMBADO, SEGUNDO ADVOGADA, PORÉM DONO DO PRÉDIO DIZ QUE NÃO HOUVE ISSO, É MENTIRA

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa Neymar de estupro, não vai depor nesta quinta-feira (6), como estava planejado. Segundo a advogada Yasmin Pastore Abdalla, a modelo está abalada por ter tido o apartamento arrombado na noite de quarta-feira (5). As informações são da revista QUEM.

“Najila teve seu apartamento arrombado na noite de ontem. Está muito abalada com as ameaças e prefere depor na manhã de sexta-feira”, disse a advogada.

Na noite de quarta-feira (5), a modelo participou de entrevista ao SBT e teve divulgado trecho do vídeo em que acusava o jogador de estupro e agressão. Najila, segundo o jornal Folha de S. Paulo, já faltou na delegacia em duas ocasiões nesta semana e não justificou as ausências.

DONO DO PRÉDIO NEGA ARROMBAMENTO

Um morador do prédio, que fica em Santo Amaro, bairro da zona sul paulistana, disse que foi ao local e não notou sinais de arrombamento, segundo O Globo.

“Isso é mentira! A empregada deixou a porta aberta de propósito e as câmeras de segurança pegaram. A polícia foi acionada e a empregada foi intimada a depor”, disse o proprietário do imóvel, que não se identificou por conta da exposição do caso. Segundo ele, a funcionário frequentemente deixa a porta aberta.

A informação do arrombamento foi dada nesta quinta-feira pela advogada Yasmin Abdala. Ela disse que Najila está recebendo ameaças e está muito abalada. Por conta do suposto incidente, ela não compareceu à delegacia para prestar depoimento sobre o caso de estupro que acusa o jogador Neymar.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/IstoÉ

CANTOR DEVINHO NOVAES É ROUBADO DURANTE SHOW NA CIDADE DE IRECÊ NA BAHIA

O cantor Devinho Novaes foi furtado durante passagem pelo município de Irecê, no Centro-Norte Baiano, na madrugada deste sábado (4). Enquanto participava da festa Chopada Prime, que também contou com a participação da banda Parangolé, a bolsa do “Boyzinho” foi furtada do camarim. O próprio artista desabafou sobre o ocorrido nas redes sociais.

“Acabamos o show aqui em Irecê, minha bolsa foi levada do camarim com documentos, cartão, dinheiro e outras coisas pessoais. Estou aqui meio atordoado com as coisas que perdi hoje. Eu cantando no palco, do nada minha bolsa some do camarim…”, lamentou. Ainda nos relatos, ele pediu desculpas aos fãs que ficaram na porta esperando em vão para tirar foto. “Estava muito chateado”.

O evento Chopada Prime ocorreu no Hotel Fiesta da cidade. Em contato com o Bahia Notícias, a hospedaria informou que não é a responsável pelo evento, tendo cedido apenas o espaço. O BN também tentou contato com a organização da festa para entender o que houve, mas não obteve retorno até o fechamento da nota. Bahia Notícias.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/IstoÉ

MORRE, AOS 86 ANOS, A ATRIZ SÔNIA GUEDES

A atriz Sônia Guedes morreu na noite desta segunda-feira, 3, aos 86 anos. Não foi informada a causa da morte. O sepultamento se dará em Paranapiacaba (SP), em horário ainda a ser definido.

Apesar de reconhecida por suas atuações na televisão (seu último trabalho na telinha foi na novela Chiquititas, do SBT, em 2013), ela construiu uma sólida carreira teatral. Como em um de seus primeiros trabalhos, na peça A Falecida, que Antunes Filho dirigiu em 1965. Ou em Medeia, na versão de 1970 dirigida por Silnei Siqueira. Participou ainda de Rasga Coração (1979), ao lado de Raul Cortez.

Nascida em Paranapiacaba em 1932, Sônia colaborou para a divulgação do teatro na região. Sua fase amadora começou quando estava com 14 anos, época em que fez teatro de rua. Em 1967, formou-se atriz pela Escola de Arte Dramática (EAD) e também em canto e piano pelo Conservatório Musical de Santo André.

Na televisão, fez pontas no programa infantil Vila Sésamo, em 1972, mas seu nome se consolidou em 1979, quando viveu Elza, a mãe da personagem vivida por Regina Duarte na revolucionária série Malu Mulher.

A atriz participou ainda de outras novelas como Razão de Viver (1983), no SBT, e Barriga de Aluguel (1990), na Globo. Ganhou destaque em Mulheres Apaixonadas (2003), de Manoel Carlos, na qual viveu dona Matilde, mãe do personagem de Jose Mayer, e em Coração de Estudante (2002), como Madalena.

No SBT, participou da onda de dramas mexicanos, como em Esmeralda (2004), folhetim na qual viveu Margarida, a babá que sofria com um drama pessoal por ter participado de uma troca de bebês.

A televisão, no entanto, não lhe permitiu mostrar a extensão de talento, o que continuou acontecendo no teatro, arte do qual participou até recentemente, como na divertida comédia A Última Sessão (2013), em que o ator, diretor e produtor Odilon Wagner prestou homenagem aos veteranos da cena brasileira – além de Sônia, estavam Etty Frazer, Silvio Zylber, Laura Cardoso, Nívea Maria, Miriam Mehler, Yunes Chami, Gabriela Rabelo e Gésio Amadeu.

“Perdemos hoje uma grande atriz: Sonia Guedes. Uma amiga que juntos começamos nossas carreiras. Juntos na EAD e depois no Grupo Teatro Cidade e em muitos espetáculos. Conquistou todos os prêmios no Teatro. O Teatro está de Luto”, lamentou-se o ator Antonio Petrin.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/IstoÉ

ATRIZ GABI COSTA, DE ‘ÓRFÃOS DA TERRA’, MORRE AOS 33 ANOS

Atriz da Globo que atuava na novela ‘Órfãos da Terra’, Gabi Costa morreu na noite desse domingo, 02 de junho, aos 33 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Gabi foi encontrada desacordada em sua casa e levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, porém, não resistiu.

“Infelizmente, confirmamos o falecimento da atriz Gabi Costa neste domingo, dia 2, decorrente de causa cardiorrespiratória. Consternada, a família agradece as manifestações de carinho e pede privacidade nesse momento de dor. Gabi Costa é doadora de orgãos e estará sempre viva em nossas lembranças e na memória daqueles que terão uma nova chance em seu gesto”, diz a nota divulgada pela assessoria da atriz, que na novela ‘Órfãos da Terra’, interpretava a personagem síria Nazira, mulher do médico Faruq, vivido por Eduardo Mossri.

A morte repercutiu nas redes sociais, com companheiros de profissão lamentando o ocorrido. “Meu Deus estou chocado e sem palavras… Ainda não estou acreditando”, postou o ex-BBB Kaysar Dadour no Instagram, com uma foto ao lado da atriz.

Camila Queiroz também se manifestou nas redes sociais, citando também a morte de Flora Diegues. “Não consigo acreditar. Gabi fez algumas participações na nossa novela e estava em Órfaos da Terra também. Tão nova. Nossa segunda perda de hoje. Gabi e Flora. Meus sentimentos”, escreveu.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/IstoÉ

GABRIEL DINIZ, MORRE AOS 28 ANOS EM QUEDA DE AVIÃO EM SERGIPE, ELE TERIA SHOW AGENDADO PARA AFRÂNIO PE E ALUGOU AVIÃO PARA FAZER SURPRESA À NOIVA

O cantor Gabriel Diniz, conhecido pelo hit “Jenifer”, morreu nesta segunda-feira, dia 27 de maio, na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.De acordo com informações da blogueira Keila Jimenez, do R7, o cantor pegou o avião para chegar mais rápido a Maceió, com o intuito de fazer uma surpresa para a noiva, Karoline Calheiros, que completou 25 anos nesse domingo (26). Ele e a namorada estavam juntos há dois anos.Natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Gabriel Diniz estava com 28 anos. O cantor ficou famoso no mundo da música pelo sucesso do hit ‘Jenifer’, single que ficou em 1º lugar entre as mais tocadas na rádio e em plataformas de streaming no verão de 2019, antes porém fez sucesso no nordeste, inclusive realizou shows nas regiões do São Francisco e Araripe, inclusive, Ouricuri.

De acordo com a Polícia Militar, há três mortos: além de GABRIEL DINIZ, foram identificados LINALDO XAVIER e ABRAÃO FARIAS, pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas. Inicialmente, o Grupamento Tático Aéreo (GTA) havia informado que eram quatro ocupantes na aeronave, que decolou de Salvador e tinha como destino Maceió.

Na noite deste domingo (26), Gabriel Diniz havia feito um show em Feira de Santana (BA). O cantor estava indo encontrar a família para comemorar o aniversário da namorada, Caroline Calheiros, que completa 25 anos nesta segunda. Por esse motivo, ele pegou o avião para Maceió.

O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) foi acionado por volta das 12h32 desta segunda. Equipes da PM e do Corpo de Bombeiros chegaram ao local do acidente numa embarcação dos bombeiros, já que a área é de difícil acesso, de mangue e mata fechada.

O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) foi acionado por volta das 12h32 desta segunda. Equipes da PM e do Corpo de Bombeiros chegaram ao local do acidente numa embarcação dos bombeiros, já que a área é de difícil acesso, de mangue e mata fechada.

A aeronave Piper Cherokee PT-KLO, que caiu nesta com o cantor Gabriel Diniz, só poderia fazer fazer voos de treinamento. Isso significa que o avião não poderia fazer, por exemplo, voos privados ou táxi aéreo. A atividade de transporte em avião não autorizado a fazê-lo é conhecida como “táxi aéreo clandestino”.

O avião pertence ao Aeroclube de Alagoas. Segundo um dos diretores do aeroclube, a aeronave não era utilizada para táxi aéreo ou frete, apenas para instruções. Um dos pilotos a bordo era muito amigo do cantor Gabriel Diniz, e foi passar o fim de semana com ele em Salvador. Na volta, o piloto ofereceu uma carona para o cantor, disse o diretor.

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de Sergipe (SSP/SE) informou que os corpos resgatados estão sendo levados a Aracaju para dar entrada no Instituto Médico Legal (IML).
Em nota, a produtora de Gabriel Diniz afirmou:

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde. Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma!”.

O cantor tinha apresentações agendadas para esta quarta-feira dia 29 de maio e nesta quinta-feira, dia 30 em São Paulo. Depois, estavam previstas datas em Afrânio (PE), Areia Branca (SE), Salvador e Belém.
Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/G1 SE/IstoÉ/Keila Jimenez, do R7

BETH CARVALHO A MADRINHA DO SAMBA, MORRE AOS 72 ANOS NO RIO DE JANEIRO

A cantora e compositora Beth Carvalho, conhecida como a Madrinha do Samba e um dos maiores nomes da história do gênero, morreu no Rio, nesta terça-feira, dia 30 de abril, aos 72 anos. Ela estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade, desde o início de 2019. A causa da morte foi infecção generalizada, informou o hospital, em comunicado.

Em nota, o empresário da artista, Afonso Carvalho, disse que ela morreu às 17 horas e 33 minutos desta terça “cercada de amor por seus familiares e amigos”.

Já fazia bastante tempo que a cantora tinha um problema de coluna. Em 2009, chegou a cancelar sua apresentação no show de réveillon, na Praia de Copacabana, por causa de fortes dores. Em 2012, submeteu-se a uma cirurgia na coluna.

No ano seguinte, foi homenageada pela escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, no carnaval de São Paulo, mas não participou do desfile por motivos de saúde. Lu Carvalho, sobrinha de Beth, foi quem representou a artista na ocasião.

Vida e obra

Beth Carvalho no Fantástico — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho no Fantástico — Foto: Acervo TV Globo

Elizabeth Santos Leal de Carvalho nasceu no Rio, em 5 de maio de 1946. O site oficial da artista informa que o contato com a música foi incentivado pela família, ainda na infância.

Aos 8 anos, surgiu o gosto pela dança – na mesma época, ganhou dos avós o primeiro violão. Após a prisão do pai no início da ditadura, em 1964, Beth passou a dar aulas de música.

No ano seguinte, gravou o seu primeiro compacto simples, com a música “Por quem morreu de amor”, de Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli. Seu grande sucesso, “Andança”, é o título de seu primeiro LP, lançado em 1969.

Beth Carvalho canta “Andança”
G1 Pop&Arte
Beth Carvalho canta

Beth Carvalho canta “Andança”

Beth participou de quase todos os festivais de música da época. Em 1968, conquistou a terceira posição no Festival Internacional da Canção (FIC), justamente com “Andança”.

A partir de 1973, passou a lançar um disco por ano e emplacou vários sucessos como “1.800 Colinas”, “Saco de Feijão”, “Olho por Olho”, “Coisinha do Pai”, “Firme e Forte” e “Vou Festejar”.

Também gravou composições de Cartola, como “As rosas não falam”, e “Folhas Secas”, de Nelson Cavaquinho.

Beth Carvalho e Cartola, em 'Brasil 78' — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho e Cartola, em ‘Brasil 78’ — Foto: Acervo TV Globo

‘Coisinha do pai’ tocada em Marte

A cantora era apaixonada pela Mangueira, sua escola de samba do coração, e pelo bloco Cacique de Ramos, onde conheceu muitos de seus apadrinhados.

Beth Carvalho e Gilberto Gil durante desfile da Mangueira na Marquês de Sapucaí em 1998 — Foto: Rosane Marinho/Folhapress/Arquivo

Beth Carvalho e Gilberto Gil durante desfile da Mangueira na Marquês de Sapucaí em 1998 — Foto: Rosane Marinho/Folhapress/Arquivo

“Beth é inquieta. Não espera que as coisas lhe cheguem, vai mesmo buscar. Pagodeira, ela conhece a fertilidade dos compositores do povo e, mais do que isso, conhece os lugares onde estão, onde vivem, onde cantam, como cantam e como tocam”, descreve a biografia em seu site oficial.

Em 1979, Beth se casou com o jogador de futebol Edson de Souza Barbosa e, dois anos depois, deu à luz sua única filha, Luana Carvalho.

A cantora já fez inúmeras apresentações em cidades ao redor do mundo, subiu ao palco do Carnegie Hall, em Nova York, e até teve sua música representada no espaço sideral. Em 1997, “Coisinha do pai” foi programada pela engenheira brasileira da Nasa, Jacqueline Lyra, para “despertar” um robô em Marte.

Beth Carvalho canta “Coisinha do Pai”
Beth Carvalho canta

Beth Carvalho canta “Coisinha do Pai”

Em junho de 2002, recebeu das mãos de Dona Zica, viúva de Cartola, o Troféu Eletrobrás de Música Popular Brasileira, no Teatro Rival do Rio de Janeiro. Seu 26º disco, “Pagode de mesa 2” (2000), concorreu ao Grammy Latino na categoria melhor disco de samba.

Em 2004, ela gravou seu primeiro DVD, “Beth Carvalho, a Madrinha do Samba”, que lhe rendeu um DVD de Platina. O CD, que teve lançamento simultâneo ao DVD, recebeu Disco de Ouro e foi também indicado ao Grammy Latino de 2005, na categoria “Melhor Álbum de Samba”.

Beth Carvalho foi homenageada na edição 2009 do Grammy Latino, em Las Vegas. Na ocasião, a cantora foi a primeira sambista a receber um dos reconhecimentos mais importantes da cerimônia, o prêmio Lifetime Achievement Awards.

Neném da Cuíca e Beth Carvalho no programa Alerta Geral — Foto: Acervo TV Globo

Neném da Cuíca e Beth Carvalho no programa Alerta Geral — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho no programa Alerta Geral — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho no programa Alerta Geral — Foto: Acervo TV Globo

Alcione, Elizeth Cardoso e Beth Carvalho no programa Alerta Geral — Foto: Acervo TV Globo

Alcione, Elizeth Cardoso e Beth Carvalho no programa Alerta Geral — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho em 'Tem Criança no Samba', de 1984 — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho em ‘Tem Criança no Samba’, de 1984 — Foto: Acervo TV Globo

A cantora Beth Carvalho em sua casa em 1982 — Foto: João Pires/Estadão Conteúdo/Arquivo

A cantora Beth Carvalho em sua casa em 1982 — Foto: João Pires/Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho posa para foto em 1987 — Foto: Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho posa para foto em 1987 — Foto: Estadão Conteúdo/Arquivo

Chico Buarque, Beth Carvalho e Caetano Veloso — Foto: Acervo TV Globo

Chico Buarque, Beth Carvalho e Caetano Veloso — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho, em apresentação na casa de shows Metropolitan, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Foto de outubro de 2015 — Foto: Glaucon Fernandes/Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho, em apresentação na casa de shows Metropolitan, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Foto de outubro de 2015 — Foto: Glaucon Fernandes/Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho durante evento realizado no Andaraí, na zona norte do Rio de Janeiro, em 2007 — Foto: Marcos D'Paula/Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho durante evento realizado no Andaraí, na zona norte do Rio de Janeiro, em 2007 — Foto: Marcos D’Paula/Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho — Foto: Acervo TV Globo

Beth Carvalho — Foto: Acervo TV Globo

A cantora Beth Carvalho e o sambista Tobias durante desfile da escola de samba Vai-Vai, campeã do Carnaval de São Paulo em 1996 — Foto: Silvio Ribeiro/Estadão Conteúdo/Arquivo

A cantora Beth Carvalho e o sambista Tobias durante desfile da escola de samba Vai-Vai, campeã do Carnaval de São Paulo em 1996 — Foto: Silvio Ribeiro/Estadão Conteúdo/Arquivo

A cantora e sambista Beth Carvalho se apresenta em show de comemoração do aniversário da cidade de São Paulo, no Vale do Anhangabaú em 2008 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

A cantora e sambista Beth Carvalho se apresenta em show de comemoração do aniversário da cidade de São Paulo, no Vale do Anhangabaú em 2008 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Beth Carvalho — Foto: Washington Possato / Divulgação

Beth Carvalho — Foto: Washington Possato / Divulgação

Beth Carvalho no camarim do show em homenagem a Nelson Cavaquinho, no HSBC, em 2012 — Foto: Isadora Brant/Folhapress/Arquivo

Beth Carvalho no camarim do show em homenagem a Nelson Cavaquinho, no HSBC, em 2012 — Foto: Isadora Brant/Folhapress/Arquivo

BETH CARVALHO

DEPUTADO ANTONIO FERNANDO COMEMORA IDADE NOVA NESTA QUINTA, DIA 18 DE ABRIL

O deputado estadual ouricuriense Antonio Fernando está aniversariando nessa quinta-feira, dia 18 de abril, o parlamentar completa 63 anos de idade.

Eleito deputado estadual por Pernambuco na eleição de outubro de 2018 pela primeira vez, atualmente Antonio Fernando é tido como principal liderança politica deseu grupo em Ouricuri e um dos principais representantes da região do Araripe

Felicidades, saúde e sucesso, especialmente nas buscas e lutas por nosso povo e desejamos que possamos por muitos anos vivenciar essa data com os amigos e familiares de Ouricuri e região, PARABÉNS!!!.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias

FUNKEIRO AGRIDE FÃ A CAMINHO DO PALCO ANTES DE SHOW EM PETROLINA

O funkeiro Jerry Smith causou na madrugada desta segunda-feira (1). O ocorrido aconteceu em Petrolina/PE, onde o cantor estava fazendo um show. No momento em que caminhava entre os fãs – com seguranças em volta – ele é agarrado. Na imagem não vemos o que acontece, só mostra ele exaltado, xingando e fazendo movimento de soco.⠀O vídeo foi postado na internet e gerou muita polêmica, alguns seguidores comentaram: "Perdeu o senso do humor. Decepcionado com você", lamentou uma seguidora. Outra já o defendeu: "Ahh ele com certeza não ia fazer isso à toa! Ninguém é de ferro!! E tem MUUUITO SER HUMANO ABUSADO!!".⠀Algumas horas depois a assessoria do cantor emitiu uma nota de esclarecimento do que teria acontecido: "Jerry Smith lamenta muito o desagradável incidente ocorrido na noite de ontem em Petrolina, Pernambuco. No trajeto para o palco (360º) enquanto cumprimentava os fãs, um deles, alterado, agarrou o braço do cantor de tal forma que nem os seguranças conseguiram soltar. Quando sentiu que o seu pulso poderia virar, o músico reagiu sem pensar, para se proteger e se livrar de uma possível lesão visto que estava para iniciar o seu show!". (Fonte: Kboing | Vídeo: @thiagorochabr)

Posted by Rádio Grande Rio FM on Monday, April 1, 2019

O funkeiro Jerry Smith causou na madrugada desta segunda-feira, dia 1º de abril. O ocorrido aconteceu em Petrolina/PE, onde o cantor estava fazendo um show. No momento em que caminhava entre os fãs com seguranças em volta ele é agarrado. Na imagem não vemos o que acontece, só mostra ele exaltado, xingando e fazendo movimento de soco.

O vídeo foi postado na internet e gerou muita polêmica, alguns seguidores comentaram: “Perdeu o senso do humor. Decepcionado com você”, lamentou uma seguidora. Outra já o defendeu: “Ahh ele com certeza não ia fazer isso à toa! Ninguém é de ferro!! E tem MUUUITO SER HUMANO ABUSADO!!”.

No Instagram, o vídeo foi compartilhado por diversas pessoas e mostra o exato momento em que Jerry tenta esmurrar um fã.

Nas redes, o artista foi defendido pelos seguidores. “Ele nao iria fazer isso atoa”, escreveu uma internauta .Outros criticaram a postura do cantor. “Perdeu o senso de humor, estou decepcionada”, disse outra admiradora virtual. 

A assessoria do cantor alegou legítima defesa pois o fão o teria segurado de forma brusca, podendo causar lesão no punho do funkeiro.

Algumas horas depois a assessoria do cantor emitiu uma nota de esclarecimento do que teria acontecido: “Jerry Smith lamenta muito o desagradável incidente ocorrido na noite de ontem em Petrolina, Pernambuco. No trajeto para o palco (360º) enquanto cumprimentava os fãs, um deles, alterado, agarrou o braço do cantor de tal forma que nem os seguranças conseguiram soltar. Quando sentiu que o seu pulso poderia virar, o músico reagiu sem pensar, para se proteger e se livrar de uma possível lesão visto que estava para iniciar o seu show!”.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Karas/Postado por TV Grande Rio (Facebook)  /Fonte: Kboing | Vídeo: @thiagorochabr)