BOLSONARO É RECEBIDO COM PROTESTOS NOS EUA

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi recebido nos Estados Unidos, neste domingo, dia 17 de março, com protestos de norte-americanos e brasileiros.

“Nazistas não são bem vindos aqui”, cantavam os estadunidenses, se referindo à presença de Bolsonaro na terra de Tio Sam.

Uma monte de fezes gigante com faixa presidencial “simbolizava” a visita não desejada do capitão reformado nos EUA.

Num dos protestos em frente à Casa Branca, em Washington, os manifestantes também cobravam o esclarecimento do assassinato de Marielle Franco e exigiam a liberdade para o ex-presidente Lula.

Bolsonaro se encontrará com Donald Trump por 20 minutos, no Salão Oval, na próxima terça-feira (19). “Será uma rapidinha”, ironizam os opositores no Brasil.Vídeo incorporado

“Nazistas não são bem vindos aqui”, cantam americanos que foram receber @jairbolsonaro em Washington.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Vale Comentar

ATAQUES A DUAS MESQUITAS DEIXAM 49 MORTOS NA NOVA ZELÂNDIA

Ferido é socorrido após ataque em mesquita no centro de Christchurch, na Nova Zelândia, nesta sexta-feira (15)  — Foto: Mark Baker/ APAtaques a tiros simultâneos contra duas mesquitas na cidade de Christchurch, na ilha sul da Nova Zelândia, deixaram 49 mortos e 48 feridos nesta sexta-feira, dia 15 de março. As autoridades ainda não divulgaram as identidades das vítimas e dos assassinos.

Resumo

  • Ataques a duas mesquitas na Nova Zelândia deixaram 49 mortos
  • 48 pessoas ficaram feridas, sendo 20 em estado grave
  • 3 pessoas estão presas; uma quarta chegou a ser detida, mas foi liberada por não ter ligação com o caso
  • A polícia não informou a identidade dos suspeitos e das vítimas
  • Numa das mesquitas, um homem armado com um rifle automáticodisparou contra a multidão
  • Usando uma câmera no capacete, o assassino filmou e transmitiu ao vivo o massacre
  • O Facebook eliminou as contas do criminoso e trabalha para remover cópias do vídeo
  • Na rede, o homem se identificou como um australiano de 28 anos, defensor da extrema-direita e contrário à imigração

Os alvos dos ataques foram as mesquitas de Masjid Al Noor, ao lado do Parque Hagley, e de Linwood, que estava lotada com mais de 300 pessoas, reunidas para as tradicionais orações do meio-dia de sexta-feira.

Três pessoas estão presas em conexão com os ataques. Uma quarta chegou a ser detida, mas foi liberada por não ter ligação com o caso, segundo a polícia. As autoridades informaram que não está descartada a hipótese de que outros criminosos estejam envolvidos e foragidos. Nenhum dos suspeitos sob custódia estava em listas de observação da polícia.

Dos 49 mortos, 41 morreram na mesquita Masjid Al Noor, sete na Linwood e apenas um chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. Entre os feridos, há crianças e adultos. O governo informou que 12 dos feridos estão em estado grave e precisaram passar por cirurgias. O governo da Malásia afirmou que dois dos feridos são malaios.

A primeira-ministra neozelandesa, Jacinda Ardern, definiu o ataque como “um ato de violência sem precedentes na Nova Zelândia” e que esse é“um dos dias mais sombrios e sangrentos da história do país”. “Esse tipo de violência não tem lugar na Nova Zelândia.”

A dinâmica dos ataques ainda não está clara. Porém, o primeiro relato de tiros foi na mesquita de Al Noor, na região central da cidade. Um homem com um rifle automático invadiu o prédio 10 minutos após o início das orações, que começaram às 13h30 desta sexta-feira (22h30 desta quinta no horário de Brasília). Quarenta e uma pessoas morreram no local.

Com uma câmera instalada em um capacete, o assassino conseguiu transmitir o massacre, ao vivo, pelo Facebook. O vídeo mostra que ele atirou indiscriminadamente contra homens, mulheres e crianças enquanto caminhava.

Ahmad Al-Mahmoud, de 37 anos, que rezava quando os disparos começaram, disse ao site Stuff que ele e outros fiéis quebraram vidros de janelas da mesquita para conseguir escapar.

Segundo testemunhas, além do capacete no qual estava a câmera, o assassino usava óculos e um caso de estilo militar. Ele foi descrito como branco, loiro, magro e de baixa estatura.

As contas do assassino no Facebook e no Instagram foram removidas. O Facebook afirmou que estava trabalhando para remover as cópias do vídeo.

Manifesto de extrema-direita

De acordo com o jornal “The Guardian”, Brenton Tarrant, um dos suspeitos de ser o autor de um dos ataques, deixou um manifesto em que afirma ter 28 anos, ser australiano, defensor da ideologia de extrema-direita e anti-imigração. O documento de 74 páginas fala em genocídio promovido por brancos e possui uma lista com vários objetivos, incluindo a criação de “uma atmosfera de medo” contra os muçulmanos.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, confirmou que um cidadão australiano foi preso na Nova Zelândia. Porém, a polícia neozelandesa não confirma que o homem identificado pela imprensa está entre os detidos.

A polícia neozelandesa informou que um homem de 28 anos acusado de assassinato será apresentado neste sábado ao Tribunal Distrital de Christchurch, sem informar a identidade.

Ataques em mesquitas na Nova Zelândia — Foto:  Juliane Souza/G1

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro-Radar de Notícias/Foto: Juliane Souza/G1

AVIÃO COM 157 PESSOAS A BORDO CAI ENTRE ETIÓPIA E QUÊNIA

Um avião que levava 157 pessoas a bordo caiu entre a Etiópia e o Quênia neste domingo. O Boeing da Ethiopian Airlines transportava 149 passageiros e 8 tripulantes, quando sofreu uma queda próximo à cidade de Bishoftu, a 62 quilômetros da capital etíope, Adis Abeba. A tragédia não deixou sobreviventes.

Antes do acidente, o piloto chegou a reportar dificuldades e pediu permissão para retornar ao aeroporto. Mas o voo perdeu o contato com a torre de controle seis minutos depois de decolar do aeroporto de Bole, às 8h38 do horário local. De acordo com informações preliminares, havia passageiros de 33 nacionalidades diferentes a bordo do avião, entre eles etíopes, quenianos, franceses, britânicos, americanos e canadenses.

“O piloto mencionou que tinha dificuldades e que queria regressar”, os controladores “autorizaram-no” a dar meia-volta e retornar para Adis Abeba, declarou o presidente da companhia aérea, Tewolde GebreMariam, em entrevista coletiva.

O gabinete do primeiro-ministro enviou condolências via Twitter às famílias das vítimas. A estatal etíope é uma das maiores transportadoras do continente no que diz respeito ao tamanho da frota. No ano passado, a expectativa da companhia era transportar 10,6 milhões de passageiros.

Em comunicado, a empresa manifestou suas “profundas condolências às famílias e entes queridos de passageiros e tripulantes que perderam suas vidas neste trágico acidente”.

Em 2010, outro voo da companhia caiu logo após a decolagem em Beirute. De acordo com sites de aviação, o modelo do avião era semelhante à aeronave que caiu em outubro na Indonésia deixando 189 mortos. Segundo o site de rastreamento de voos Flightradar24, o voo apresentou velocidade vertical instável logo após a decolagem. Em Nairóbi, pessoas aguardavam no aeroporto por informações.

– Estamos esperando por minha mãe.Esperamos que ela tenha pegado um voo diferente ou esteja atrasada. Ela não está atendendo o telefone- afirmou Wendy Otieno enquanto chorava.

EUA vai enviar ajuda
O Conselho Nacional de Segurança em Transportes dos EUA enviará quatro pessoas para ajudar no acidente fatal da Ethiopian Airlines, disse um porta-voz do NTSB no domingo.

A U.S. Federal Aviation Administration também está monitorando os desenvolvimentos relativos ao acidente, conforme disse em um comunicado. “Estamos em contato com o Departamento de Estado e planejamos nos unir ao NTSB em sua assistência às autoridades da aviação civil da Etiópia para investigar o acidente”, disse um comunicado da FAA.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Ibahia

CRISE NA VENEZUELA – DEFESA ANUNCIA ACORDO PARA EVITAR CONFRONTOS NA FRONTEIRA COM A VENEZUELA

O Ministério da Defesa brasileiro anunciou um acordo com os soldados venezuelanos instalados na fronteira entre os dois países para evitar novos confrontos. Neste domingo 24, a Guarda Nacional Bolivariana (GNB) da Venezuela atacou manifestantes em Pacaraima (RR).

Com tropa de choque em posição de ataque e dois veículos blindados, as forças do país vizinho atiraram bombas de gás lacrimogêneo por volta e houve um confronto que durou cerca de duas horas.

A situação é tensa na fronteira entre os dois países desde sexta-feira, quando, seguindo ordens de Nicolás Maduro, a fronteira foi fechada do lado venezuelano, impedindo assim a entrada de ajuda humanitária vinda de Roraima. O encaminhamento das doações é apoiado por Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, que se autoproclamou chefe de Estado interino da Venezuela e conta com o apoio de países como Brasil e Estados Unidos, além da União Europeia – que consideram fraudulentas as eleições que elegeram Maduro.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Veja

TRUMP PODE VIR AO BRASIL PARA POSSE DE BOLSONARO EM JANEIRO

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse hoje (29) que existe a possibilidade do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vir à sua posse, o que dependeria de outros compromissos que possam existir no dia 1º de janeiro. “Eu ficaria muito honrado”, acrescentou.

Bolsonaro avaliou positivamente o encontro que teve hoje pela manhã com o Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton. A reunião durou cerca de uma hora. “Foi mais um passo do Brasil em direção aos Estados Unidos e dos Estados Unidos em direção a nós”, avaliou.

O presidente eleito pretende ir aos Estados Unidos nos primeiros meses de seu governo, o que ainda deverá ser organizado. Bolsonaro confirmou, porém, que a primeira viagem ao exterior que fará como presidente terá três países da América do Sul no roteiro: Paraguai, Argentina e Chile. Ele também comentou a forma como pretende lidar com a Venezuela.

“É uma questão que vem lá de trás e temos que buscar soluções. Ela nem poderia ter entrado no Mercosul. Medidas têm que ser tomadas. Sabemos que lá existem aproximadamente 80 mil cubanos. A Venezuela hoje em dia tem mais esse agravante. É difícil tirar ela da situação em que se encontra. Mas nós faremos o possível pelas vias legais, obviamente, e pacífica, porque nós sentimos reflexo da ditadura que se instala na Venezuela”.

De acordo com o presidente eleito, a mudança da embaixada brasileira em Israel para a cidade de Jerusalém é uma possibilidade que existe e já há conversas em andamento. Ele também reiterou sua posição sobre a Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas (COP-25), destinada a negociar a implementação do Acordo de Paris. O Brasil havia se candidatado para sediar o evento, que deve ocorrer em novembro de 2019, mas retirou sua candidatura. Na quarta-feira, dia 28, Bolsonaro já havia dito ter participado dessa decisão.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Money Times

COBRA DE DUAS CABEÇAS ENCONTRADA NO JARDIM DE UMA CASA NOS EUA

Um cidadão do Estado da Virgínia, nos Estados Unidos, provavelmente levou um dos maiores sustos da sua vida ao encontrar uma cobra de duas cabeças no jardim de sua casa.

O serviço de controle de animais do local levou o exemplar para ser analisado em laboratório. Trata-se da cobra Agkistrodon contortrix, uma espécie que habita sobretudo países da América do Norte.

As serpentes “bicéfalas” são extremamente raras de encontrar porque dificilmente elas sobrevivem na natureza. Além disso, uma das cabeças pode atacar a outra.

Segundo o Centro de Vida Selvagem da Virgínia, cada uma das cabeças tem seu próprio esôfago e traquéia, mas as duas compartilham o coração e os pulmões.

“Parece que a cabeça esquerda é a dominante, pois geralmente ela é mais ativa e receptiva a estímulos”, disse o centro em comunicado.

Os pesquisadores continuam estudando a cobra. Se ela sobreviver, provavelmente será levada a um centro de vida selvagem.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Blog do Pitel

BRASILEIRO É PRESO NA ESPANHA ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS

Um brasileiro de 32 anos foi detido pela polícia da Espanha, em Málaga, no sul do país, resultado de um mandado de prisão europeu emitido pelas autoridades do Reino Unido por um crime de tráfico de drogas, nesta quarta-feira, dia 17 de outubro.

O fugitivo, nascido em Cuiabá (Mato Grosso), foi identificado perto de sua casa e detido depois de verificado a validade do pedido, informou hoje a polícia.

Supostamente, o foragido tinha um papel destacado em uma organização criminosa de origem brasileira que escondia drogas em apartamentos turísticos de Londres e que depois distribuía aos seus clientes através de mensageiros.

A droga era paga com dinheiro ou através depósitos em contas bancárias em nome de uma pessoa fictícia, segundo a fonte.

De acordo com o mandado de prisão, há outros cinco acusados vinculados a uma trama que envolve drogas, narcóticos e substâncias psicotrópicas no valor de mais de dois milhões de libras (mais de R$ 9,8 milhões).

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Com informações da Agência EFE

ESTUDANTE DE MEDICINA TEM CARRO METRALHADO E MORRE NA NICARÁGUA

A estudante brasileira de Medicina Raynéia Gabrielle Lima, 30 anos, foi morta a tiros na noite de segunda-feira em Manágua, na Nicarágua, segundo relatos locais de pessoas próximas à jovem que foram confirmados pelo Itamaraty. O país vive uma onda de violência desencadeada pela repressão do governo do presidente Daniel Ortega, que tenta sufocar protestos que desde abril exigem sua saída do poder.

De acordo com uma mensagem no Twitter da Coordenadoria Universitária, movimento estudantil que envolve alunos de diferentes universidades nicaraguenses, Raynéia, pernambucana que estudava na Universidade Americana de Manágua (UAM), voltava para casa na noite de segunda-feira quando seu carro foi metralhado supostamente por um grupo paramilitar. A Polícia Nacional divulgou uma nota em que afirma que o disparo partiu de seguranças privados, “em circunstâncias ainda não determinadas” e que vai investigar o caso.

Em nota, o Itamaraty informou que pediu ao governo da Nicarágua esclarecimentos sobre as circunstâncias da morte de Raynéia, e cobrou de Manágua que identifique os responsáveis pelo crime:

“O governo brasileiro recebeu com profunda indignação e condena a trágica morte ontem, 23 de julho, da cidadã brasileira Raynéia Gabrielle Lima, estudante de Medicina na Universidade Americana em Manágua, atingida por disparos em circunstâncias sobre as quais está buscando esclarecimentos junto ao governo nicaraguense”, disse o comunicado. “O governo brasileiro exorta as autoridades nicaraguenses a envidarem todos os esforços necessários para identificar e punir os responsáveis pelo ato criminoso”.Raynéia Gabrielle Lima (Foto: Reprodução/ Facebook: Raynéia Gabrielle Lima )

Universidade também se pronunciou

Por meio de um comunicado digital, La Universidad Americana declarou profunda tristeza pela morte da estudante Raynéia. Afirmaram ainda fazer uma referência à pernambucana em sinal de luto e dor e em solidariedade aos estudantes da universidade e de todos os outros lugares do país. Confira:

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/JC On Line/O Globo

NO CHILE, REPÓRTER É EXPULSO APÓS PERGUNTA A TEMER SOBRE CORRUPÇÃO

Reprodução/instagram

O apresentador e repórter do “CQC Chile”, Sebastián Eyzaguirre, também conhecido como “Cuchillo”, foi expulso do Congresso Nacional enquanto realizava uma entrevista com o presidente brasileiro, Michel Temer, em Valparaíso, neste domingo (11). As informações foram divulgadas pelo canal local MEGA e confirmadas pelo próprio profissional em sua página no Instagram.

O programa realizava a cobertura jornalística da cerimônia de posse do novo presidente do Chile, Sebastián Piñera.

Segundo Cuchillo, carabineros -uma espécie de polícia com poder militar no Chile- agiram de forma violenta, mesmo estando com todas as credenciais, enquanto fazia perguntas sobre os escândalos de corrupção enfrentados pelos presidente brasileiro. Os agentes não explicaram os motivos que levaram à expulsão do repórter.

Nas redes sociais, Cuchillo desabafou. “Vergonha. O ‘CQC’ foi violentamente expulso. Carabineros nos chutaram para fora. Linda a sua democracia. Apenas quando nós perguntamos ao presidente brasileiro por seus escândalos de corrupção”, escreveu ele.

“Sempre estivemos nas cerimônias de posse. Hoje nos nos irritaram a filha de Bachelet (ex-presidente do Chile), o presidente corrupto do Brasil. É o ‘CQC’. Nada mais. Só fazemos o que as pessoas querem que alguém faça”, finalizou.

Michel Temer esteve presente no Congresso Nacional em Valparaíso, no Chile, para participar da cerimônia de posse do presidente eleito do Chile, Sebastian Piñera, que assume o cargo pela segunda vez. O presidente brasileiro chegou com atraso ao local e entrou depois do presidente chileno.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Folhapress/Yahoo Notícias

Ataque terrorista deixa mortos e feridos em Barcelona na Espanha

Uma van atropelou várias pessoas em La Rambla, via que fica em uma das regiões mais turísticas de Barcelona, na Espanha, nesta quinta-feira dia 17 de agosto. As autoridades dizem que 13 pessoas morreram e 80 ficaram feridas, algumas em estado grave. O caso é tratado como um ataque terrorista. Dois suspeitos foram presos. Segundo a imprensa local, outro suspeito morreu em uma troca de tiros. A agência do Estado Islâmico afirma que o grupo reivindicou a autoria do ataque. Segundo o jornal “El País”, o motorista da van fugiu caminhando e o veículo usado no ataque foi alugado por um homem chamado Driss Oukabir, em Santa Perpetua de la Mogada, município perto de Barcelona. A imprensa chegou a afirmar que ele seria o autor do ataque que foi preso, divulgando sua imagem. No entanto, o jornal “La Vanguardia” reporta que Driss Oukabir foi a uma delegacia de Girona e afirmou que seu documento foi roubado e que no momento do ataque ele estava em Ripoll. Um homem que se identificou como Driss Oukabir – que foi apontado como um dos suspeitos presos – procurou a polícia da Catalunha para afirmar que seus documentos foram roubados, segundo o “La Vanguardia”. Ele procurou a polícia após ver suas fotos na imprensa.  A polícia da Catalunha confirmou que dois suspeitos foram detidos com possível relação com o atentado.  Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/G1

Autoridades descobrem mais uma droga destruidora feita com sangue humano nos EUA

Mais uma preocupação para autoridades de todo o mundo está circulando nas ruas. Começou nos Estados Unidos, após uma busca e apreensão realizada pela polícia de Bucks County, na Pensilvânia. Agora, todos sabemos da existência do Blood.

A nova droga tem um nome que, traduzido, mostra seu principal componente: sangue. Ela tem aparência vermelha e não é a toa, já que ela é feita exatamente com uma mistura de sangue humano com fentanyl, um analgésico derivado do opiáceos de extrema potência.

A polícia de Bucks County apreendeu uma ampola da droga e a levou para análise. Nela, foram encontradas outras 13 substâncias além de sangue humano e fentanyl. Entre elas, THC, metanfetamina e efedrina, por exemplo, estavam listadas nos resultados clínicos da amostra.

A revista norte-americana Popular Science, responsável pela primeira divulgação da droga, afirma que uma dose inteira contém nada menos do que 11mg de metanfetamina, basicamente uma dose inteira da droga. Isso indica que não houve mistura acidental com sangue e sim algum ser humano o fez com total intenção.

O Blood é uma droga injetável, o que preocupa ainda mais os especialistas por conta da transmissão de HIV e outros vírus. Mas há, no caso desse novo produto que circula no mercado negro, um adicional que traz ainda mais perigo para o usuário: a incompatibilidade sanguínea.

Se qualquer indivíduo receber sangue de um tipo que seja incompatível com o seu, poderá ser vítima de uma reação imunológica com potencial letal. Afinal, coágulos sanguíneos são criados e podem levar tanto a acidentes vasculares quanto a paradas cardíacas.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Yahoo Notícias

Incêndio em Londres deixa vários mortos e feridos

Um incêndio no edifício residencial Grenfell, de 27 andares, em Londres, na Inglaterra, deixou nesta quarta-feira (14) vários mortos e pelo menos 50 feridos. A causa do fogo ainda é desconhecida, confirmou a representante dos serviços de bombeiros da capital, Dany Cotton.

Em declaração à imprensa, Cotton não pôde dizer ainda o número exato de mortos em consequência do incêndio, de enormes dimensões, que começou às 0h15 (horário local, 21h15 de terça-feira em Brasília) na torre Grenfell, entre o bairro de Kensington e Notting Hill.

“Trata-se de um incidente sem precedentes. Nos meus 29 anos como bombeiro, nunca vi nada dessa magnitude”, afirmou Cotton sobre o acidente. Cerca de 200 bombeiros, com o uso de 40 caminhões, trabalham no local.

O serviço de ambulâncias confirmou que pelo menos 50 pessoas ficaram feridas e tiveram que ser levadas a cinco hospitais da capital britânica.

Segundo o líder do distrito de Kensington e Chelsea, Nick Paget-Brown, no momento em que começou o incêndio, havia no edifício “centenas de pessoas”, mas esse número ainda não foi confirmado pelas autoridades.

Pelo menos 20 ambulâncias foram enviadas às imediações do edifício, que conta com 120 apartamentos nos quais se estima que viviam cerca de 500 pessoas, muitas delas famílias jovens.

A Polícia Metropolitana de Londres informou, em sua conta no Twitter, que várias pessoas estão sendo atendidas devido a ferimentos diversos e à inalação de fumaça, ao mesmo tempo em que se tenta resgatar as que ainda continuam dentro da torre.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Folhapress

Atentado suicida deixa 22 mortos em show em ManchesterAtentado suicida deixa 22 mortos em show em Manchester

Ataque terrorista em show 1Um homem-bomba detonou uma carga explosiva ao final de um show da cantora pop Ariana Grande em Manchester na segunda-feira à noite, um atentado que deixou 22 mortos e 59 feridos, incluindo crianças e adolescentes.

O homem que executou o ataque na Manchester Arena, o atentado mais violento no Reino Unido desde os que atingiram os transportes públicos de Londres em 2005, morreu ao detonar a carga explosiva, anunciou a polícia da cidade, que classificou o ato de “incidente terrorista”.

O chefe de polícia de Manchester, Ian Hopkins, disse que o homem detonou um “dispositivo explosivo de fabricação caseira” na Manchester Arena quando os fãs deixavam o local.

“A arena ficou pavorosamente em silêncio durante cinco ou seis segundos, que pareceram mais longos, e depois todo mundo correu em todas as direções”, afirmou à AFP Kennedy Hill, uma adolescente que estava no show da cantora americana.

A polícia recebeu um alerta de explosão no local com capacidade para 20.000 pessoas às 22H35 (18H35 de Brasília). A área foi isolada e viaturas policiais e ambulâncias foram enviadas ao local.

A ministra do Interior, Amber Rudd, denunciou um “ataque bárbaro que apontou deliberadamente contra os mais jovens de nossa sociedade, os jovens e as crianças que foram assistir um show de música pop”.

Na segunda-feira à noite, a primeira-ministra Theresa May, condenou o “horrível atentado terrorista”.

“Permaneceremos fortes, vamos continuar unidos, porque somos assim. Isto é o que fazemos, eles não vencerão”, disse o prefeito de Manchester, Andy Burnham.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, anunciou o reforço da segurança nas ruas da capital da Inglaterra.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Yahoo Noticias