INÉDITA NO NORDESTE, IMIP REALIZA CIRURGIA CARDÍACA EM UM FETO

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0

Mais uma vez o IMIP assume o pioneirismo na atenção materno-infantil no Nordeste. Pela primeira vez, no Recife, a equipe do Instituto realizou uma valvoplastia aórtica num feto, intrauterinamente. O procedimento consiste na dilatação da valva aórtica e foi realizado no dia 16 de setembro em um feto com estenose aórtica crítica.

“Esse procedimento se faz em fetos com estenose aórtica crítica (estreitamento da valva), quando há risco de óbito fetal ou de evolução para uma cardiopatia bastante complexa chamada síndrome de hipoplasia do coração esquerdo”, explicou a médica Karina Lopes, cardiologista fetal do IMIP.

Segundo a especialista, o objetivo do procedimento foi evitar o óbito do feto por insuficiência cardíaca e evitar a progressão da cardiopatia para a forma mais severa da doença. “No entanto, a doença não te cura. O bebê precisará de tratamento ao nascimento, mas esperamos que numa condição mais favorável e que possibilite melhores resultados pós-natais”, destacou.

Grávida de 26 semanas, a gestante passa bem e recebeu alta no dia 19 de setembro. “A cirurgia durou aproximadamente 3 horas e o que mais demorou foi posicionar o feto adequadamente. O procedimento foi um sucesso”, comemorou a médica.

A cirurgia contou com Dra. Karina Lopes, cardiologista fetal; os fetólogos Dr. Orlando Gomes e Dra. Silvia Facquini; Dra. Juliana Neves, hemidinamicista; além do anestesista Dr. Douglas Lopes. O procedimento ainda contou com a ajuda de enfermeiros e quatro residentes.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/ANNA MONTEIRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO HOSPITAL DOM MALAN/IMIP – PETROLINA (PE)

ADVERTENCIA

anuncie