OPERAÇÃO FANTOCHE É DEFLAGRADA PARA INVESTIGAR SERVIDORES MUNICIPAIS EM TRINDADE, ASSESSORIA SE DEFENDE EM NOTA, CONFIRA:

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0
Foi deflagrada nesta quinta-feira, dia 7 de novembro, pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), com o Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e apoio do Batalhão Especializado no Policiamento do Interior (BEPI), a operação Fantoche em Trindade, no Sertão Pernambucano. A ação realizou busca e apreensão na prefeitura e na casa do servidor Sival de Souza Mendes.
A operação teve início após investigação da Promotoria de Justiça do município constatar realização de empréstimos consignados fraudulentos. De acordo com o MPPE, nos procedimentos foi identificada a realização de empréstimos para servidores públicos efetivos da prefeitura, além de pessoas que não eram servidores. Eles foram incorporados ilegalmente à Folha de Pagamento de Pessoal de Trindade (FPPT) para que os empréstimos fossem contraídos.
Foram apreendidos contra-cheques, extratos bancários, três computadores, telefones celulares e documentos decorrentes do crime. O servidor será interrogado e o caso será investigado.
A assessoria de imprensa da prefeitura de Trindade enviou à nossa reportagem uma note de esclarecimento sobre o ocorrido, confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante dos fatos ocorridos hoje (07/11/2019) e vinculados nos meios de comunicação, dando conta do cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão no Departamento Pessoal da Prefeitura Municipal de Trindade-PE, vimos a público esclarecer o que segue:

A Busca e Apreensão determinada pela Justiça destinou-se especificamente a documentação e/ou computadores e mídias digitais do Diretor de Departamento Pessoal em razão de denúncias de supostas irregularidades na concessão de empréstimos consignados.

Diante disso, o servidor envolvido dirigiu-se espontaneamente ao Ministério Público desta Comarca para  prestar os seus esclarecimentos sobre o caso e em seguida requereu o seu afastamento das funções como forma de dedicar seu tempo à elaboração de sua defesa, bem como, de garantir a transparência e a imparcialidade dos procedimentos investigativos em andamento. Afastamento este que foi, de pronto, deferido por esta Municipalidade, na pessoa do Prefeito Municipal, Dr. Everton Costa.

O Município declara que está a disposição das autoridades competentes para contribuir, dentro do que se entender necessário, para o êxito das investigações.

Entendo que o Princípio Constitucional da Presunção da Inocência, resguardado pelo inciso LVII do art. 5° da Carta Magna, deve ser respeitado, garantindo ao Servidor a proteção da sua integridade moral e a Ampla Defesa.

Nesta linha, aguardaremos o término do andamento processual para que quaisquer outras medidas que se julguem necessárias sejam tomadas.

Por fim, reitero o nosso compromisso com a Justiça, colocando-nos à disposição para as contribuições que se julguem pertinentes.

Prefeitura Municipal de Trindade.

Assessoria de Comunicação.

Assessoria Jurídico.

Prefeito Everton Costa.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Radar de Notícias