OURICURI SEDIOU O SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO DO PROJETO “MULHERES RURAIS”

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0

Com foco na geração de renda das mulheres camponesas, o projeto financiado pela Fundação Banco do Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), conta com a parceria do Fórum de Mulheres do Araripe, Rede Araripe e Centro de produtores agroecológicos do Araripe (COPAGRO).

Durante o evento de lançamento do projeto na manhã desta quarta feira, dia 14 de agosto, Irlânia Fernandes, coordenadora de Politicas e programas do CAATINGA, apresentou o projeto a representantes dos grupos de mulheres beneficiários e gestores dos municípios. A proposta é a replicação de 3 tecnologias que estão no banco de tecnologias sociais da Fundação Banco do Brasil. “Esse projeto vem ampliar a produção dos quintais das mulheres, ampliando a renda e empoderando as mulheres a acessar mercados” Diz Irlânia.

O projeto Mulheres Rurais, Beneficiamento, Produção e acesso ao PNAE, beneficiará 21 grupos, constituídos por 243 mulheres dos municípios de Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena, Parnamirim, Granito e Exu.

As tecnologias a serem replicadas são: Dessanilizador Solar, tecnologia social Finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017 na categoria Água e Meio Ambiente, O sistema de Bioágua Familiar, que é uma tecnologia social de convivência com o semiárido. Desenvolvido para potencializar a agricultura familiar e a tecnologia de acesso ao PNAE, que é um Processo de organização, reciprocidade e articulação que facilita o acesso de mulheres camponesas ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), fortalecendo relações solidárias, gerando renda e maior autonomia financeira.

Além da implantação de tecnologias, os grupos receberam assessoria técnica, formações em beneficiamentos dos produtos e oficinas de sistematizações. Para Lucineide Ferreira do grupo de mulheres dos Patos participar desse processo é muito importante. “Eu vendo para o PNAE, através do COPAGRO e para mim é uma renda que contribui bastante, me sinto muito feliz em esta nesse espaço” Conta a agricultora.
O prefeito do município de Ouricuri Ricardo Ramos afirmou que a prefeitura apoiará a execução do projeto “Momento importante onde podemos ouvir vários grupos de muitas comunidades, nossa gestão se compromete a apoiar esse projeto, pois estará ampliando as alternativas de geração de renda e produzindo alimentos naturais”. O próximo passo será reuniões nos grupos de mulheres.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/Por Assessoria de Comunicação do CAATINGA