EXCLUSIVO!!! INTEGRANTE DE BANDO QUE MATOU POLICIAL EM PERNAMBUCO REAGE EM ABORDAGEM E MORRE NA BAHIA

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0

A Polícia Civil de Pernambuco, deflagrou na manhã desta quinta-feira, dia 23 de julho, a 30ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “EXÍCIO“, vinculada à Diretoria Integrada do interior I – DINTER I, sob a presidência do Delegado Jean Pierry Brito. A ORQ tem como ambiente operacional as cidades pernambucanas de Recife, Caruaru, Surubim, Casinhas, Limoeiro e Itaquitinga, além de localidades nos Estados da Bahia e São Paulo.

As investigações foram realizadas ao longo de 1 ano e 2 meses, com o objetivo de prender integrantes de um Grupo criminoso atuante nos municípios pernambucanos de Surubim, Casinhas e Macaparana, responsável pela prática dos crimes de:

1. HOMICÍDIOS QUALIFICADOS;

2. ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA;

3. ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO ILÍCITO DE ENTORPECENTES;

4. CORRUPÇÃO DE MENORES;

5. POSSE OU PORTE ILEGAL DE ARMAS DE FOGO DE USO RESTRITO.

Integrantes dessa Organização Criminosa têm envolvimento com o homicídio do Comissário de Polícia Civil José Rogério Duarte Batista, ocorrido em 30/05/2020, na cidade de Surubim.

Durante a operação estão sendo cumpridos 30 mandados de prisão e 14 mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos por Juízes especialmente designados pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco, mediante parecer favorável de Promotores designados pelo Procurador Geral do Ministério Público.

Na execução da operação, foram empregados cerca de 140 (cento e quarenta) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães. Atuaram ainda equipes do Grupamento Tático Aéreo – GTA e CORE. A Operação conta também com a colaboração das Polícias Civis dos Estados da Bahia e São Paulo.

A Operação está sendo coordenada pela GCOI 1/ DINTER 1 e supervisionada pela Chefia de Polícia.

As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco – DINTEL.

Os detalhes da referida operação serão divulgados pelo setor de comunicação da Polícia Civil em momento oportuno.

Nessa operação houve um confronto no estado da Bahia com um suspeito de integrar o bando que reagiu a abordagem sendo atingido e indo a óbito, JOSIAS SANTOS DE SANTANA, vulgo “” ou “PINTO” de 32 anos, que morreu numa troca de tiros com os policiais. JOSIAS é apontado como líder da quadrilha que comandava o tráfico de drogas na região de Surubim.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro – Radar de Notícias/PCPE

ADVERTENCIA

anuncie