TRAGÉDIA: CHUVAS PROVOCAM QUEDA DE DOIS PRÉDIOS NO RIO DE JANEIRO COM VÍTIMAS FATAIS

Share this...
Share on Facebook
Facebook
0

Dois prédios desabaram na Muzema, comunidade na Zona Oeste do Rio, na manhã desta sexta-feira, 12 de abril, (até o momento, 01 horas da manhã), de acordo com os bombeiros, duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas. Dezessete pessoas estão desaparecidas.

Os imóveis teriam entre três e quatro andares, segundo as primeiras informações. Dezenas de pessoas e bombeiros vasculham os escombros para tentar localizar as vítimas. Um homem chegou a ser resgatado e levado sobre uma porta, usada como uma maca.

O desabamento aconteceu por volta das 7h da manhã. Não chovia no momento. Uma das construções teria quatro andares e outra, três. A área de isolamento foi ampliada pelos bombeiros, que consideram que outros prédios da região podem ir abaixo. Há um forte cheiro de gás.

Segundo o repórter Genilson Araújo do G1, há cerca de 60 prédios em construção na região, que é dominada por milícias. Reportagem do RJ2 mostrou que os criminosos atuam na construção e venda de imóveis irregulares.

Os dois prédios que desabaram na comunidade da Muzema, estavam interditados desde 2018, segundo informações da Prefeitura do Rio, que confirmou que as construções eram irregulares. Pelo menos duas pessoas morreram. Os bombeiros buscam outros 17 desaparecidos. Três pessoas ficaram feridas.

De acordo com o poder municipal, a região é uma área de proteção ambiental e os prédios construídos no local não respeitam a legislação em vigor. A prefeitura afirmou ainda que, por se tratar de uma área dominada pela milícia, os técnicos da fiscalização municipal precisam de apoio da Polícia Militar para realizar operações. Neste molde que aconteceu a interdição no ano passado, quando os dois prédios e outras construções foram interditadas.

Da redção do BLOG do Emaoel Cordeiro -Radar de Notícias/G1 Rio